Filipe Jervis rebenta em Timing; O novo paradigma dos clips de surf em Portugal

Jervis timing

Hoje em dia, não faltam meios naturais nem técnicos para brilhar. Quer seja a voar ou a entubar, Jervis mostra como fazê-lo.

 

Começou a batalha dos clips de surf dos pros portugueses. Depois de ainda na semana passada vermos a nova produção de Miguel Blanco, Filipe Jervis tem agora a palavra, com este incrível Timing – Pursuing Fine Art, que já o levou a ganhar fãs fora de portas. É a consequência natural de uma nova forma de pensar do surfista português. Finalmente, a mais acertada.

 

Depois de vários anos a "deitar tudo cá para fora", a maioria dos surfistas portugueses têm vindo a perceber que essa não era a melhor tática. Isto porque existia uma quase "banalização" do clip de surf. Era repetição atrás de repetição e acabava sempre tudo num resultado muito enfadonho. Para além de nos dispararem material "assim assim" muitas vezes ao ano.

 

Este novo clip de Jervis, assim como muitos outros que o antecederem e que também parecem ter percebido o caminho a seguir, já nos mostra um novo paradigma e, no nosso entender, acertado: mais vale reunir muitas e boas imagens e lançar pequenas obras de arte de lés a lés. Até porque, cada vez mais, surge em Portugal talento no que à edição diz respeito, como é o caso da White Flag Productions – sim, sabemos quem são :D - que produziu este clip. Depois, a entrada em cena da "Máquina Voadora" também tem ajudado a fazer pequenos milagres. Juntando a isso as inúmeras ondas de qualidade pela nossa costa, até têm o trabalho mais facilitado...

 

É certo que já tínhamos saudades do Filipe Jervis, até porque sempre se dedicou mais ao free surf que às lycras, mas com estes 5 minutos poderosos já podemos matar as saudades como deve ser. Valeu a pena a espera! Com clips destes são os surfistas que ficam a ganhar, até porque conseguem furar a barreira internacional muito mais facilmente. Que isto sirva de exemplo para os outros - surfem mais e tenham mais calma na hora de mostrar os resultados. E as ondas portuguesas também só podem sair beneficiadas com postais desta qualidade. Uma produção majestosa, a não perder!

 



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS