Red Bull Cape Fear arrancou e já levou três surfistas até ao hospital (com vídeo)

blake-thornton-en-route-to-the-wreck-of-a-lifetime

Swell gigante proporcionou dia de loucos no já de si tresloucado spot de Ours. Foto: Rod Owen/Red Bull Cape Fear

 

Sem o mediatismo de anos anteriores, a edição de 2016 do Red Bull Cape Fear arrancou esta madrugada de segunda-feira. Com os olhos centrados na etapa do World Tour de Fiji, as atenções acabaram por não estar focadas tanto em Ours, mas deviam... Este evento destinado aos slab hunters australianos proporcionou momentos dignos de arrepiar até os menos sensíveis.

 

Com uma ondulação gigante a chegar à zona de Sydney, a prova realizou-se com ondas na casa dos 5 metros. Mas aconteceu apenas durante duas horas. Ou seja, apenas 8 dos 16 surfistas convidados para o evento estiveram na água. E, ao contrário do que se passou na edição inaugural em 2014, desta vez apenas houve lugar ao tow-in, uma vez que era praticamente impossível surfar na remada.

 

Foi nestes termos que estes "viciados em adrenalina" foram para a água, arriscando a própria vida em busca da glória. Não, não estamos a exagerar. A verdade é que dos oito surfistas que estiveram em prova, três deles foram parar ao hospital. Foram mais os wipeouts horríveis proporcionados em duas horas, do que tubos de belo efeito. Ainda assim, nenhum deles parece estar em condições graves.

 

Enquanto grande parte das praias locais estavam fechadas devido a esta enorme ondulação, em Ours os media australianos – até mesmo os generalistas, que têm imagens incríveis da ação – iam acompanhando tudo ao pormenor. Apesar de não serem especificados os nomes dos três surfistas que tiveram de receber apoio médico, é muito provável que Justin Allport seja um deles, uma vez que esteve envolvido no wipeout do dia, sofrendo uma lesão ao nível do pescoço.

 

Após duas intensas horas, a organização decidiu parar o evento, de forma a colocar a segurança dos surfistas em primeiro lugar – será que isso é mesmo possível num spot daqueles? Agora, a prova deve retomar esta madrugada, de forma a se completar o que falta do evento. A ondulação na região vai continuar enorme, pelo que se prevê mais um "massacre" à moda de Ours.


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS