Surf perde mais uma lenda: Havaiano "Rabbit" Kekai morre aos 95 anos

Rabbit Kekai Queens

"Rabbit" numa sessão em meados dos anos 50. Foto: EOS

 

Albert "Rabbit" Kekai é uma das maiores lendas do surf mundial, tendo um papel único no desenvolvimento deste modo de vida. Rabbit, que foi um dos pioneiros do surf no North Shore e que faz parte dos principais Corredores da Fama do surf, deixou a comunidade mais pobre, após as notícias desta sexta-feira da sua morte. "Rabbit" Kekai tinha 95 anos e faleceu no hospital Leahi, em Oahu.

 

Natural de Waikiki, "Rabbit" Kekai nasceu em 1920 e foi acompanhado desde cedo por Duke Kahanamoku, que introduziu ao mundo do deslize nas ondas. Nas décadas de 30 e 40 foi considerado um dos surfistas mais influentes do Mundo e também com o surf mais progressivo da altura, numa época em que já desbravava as temidas ondas do North Shore.

 

Kekai rapidamente se tornou num ídolo de surfistas de todas as gerações, como Randy Rarick, Phil Edwards, Miki Dora e até mesmo Kelly Slater, que sempre o mencionou como uma inspiração. Slater foi mesmo das primeiras figuras do surf a lamentar esta grande perda nas redes sociais, juntando-se a inúmeras personalidades que também já o fizeram.

 

No currículo de Albert "Rabbit" Kekai consta ainda o triunfo no Makaha International em 1955. O lendário surfista havaiano foi também praticante de Tandem Surfing e manteve-se sempre ativo na competição, participando nas divisões Masters dos Campeonatos Nacionais dos Estados Unidos. Em 2000, com 79 anos, ainda competiu frente a surfistas 15 anos mais novos e terminou no 4.º posto da categoria.

 


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS