EDP Mar Sem Fim termina a 2ª edição e prepara arranque da nova temporada

JoaoGuedes Terceira foto miguel Rezendes

João Guedes numa onda que confirma o potencial das ilhas dos Açores para o Surf de ondas grandes. Foto: Miguel Rezendes/EDP Mar Sem Fim


Press release - A edição 2015/16 do EDP Mar Sem Fim, projeto pioneiro de descoberta de ondas grandes em Portugal, chegou ao fim. Após a última expedição realizada em Abril à ilha Terceira e terminada a época de ondulações no Hemisfério Norte, o projecto EDP Mar sem Fim dá por encerrada a 2ª temporada.

 

Ao longo desta temporada de Inverno, o projecto EDP Mar sem Fim passou por diversas ilhas do Arquipélago dos Açores, realizando missões de reconhecimento e expedições. O potencial de ondas grandes e inexploradas anteriormente foi confirmado ao longo da edição. São Miguel, Graciosa e Terceira foram os locais explorados este Inverno por alguns dos melhores e mais consagrados surfistas de ondas grandes, em Portugal.

 

Em forma de balanço, João Macedo, coordenador dos Surfistas afirma "O fim da época de ondas grandes traz consigo o sentimento de dever cumprido. Este Inverno foram realizadas três expedições que foram um sucesso, duas delas em locais nunca antes por nós explorados, sendo que o Inverno foi muito intenso no que respeita aos feitos dos nossos bolseiros. Poder contar com a presença de alguns dos maiores e melhores Surfistas foi também muito gratificante, como foi o caso do Alex Botelho, Eric Rebiere, João Guedes entre muitos outros. Teremos certamente muito que recordar, enquanto toda a equipa treinará ao longo do Verão. É com orgulho que o nosso trabalho e esforço continua a contribuir para que o Surf de ondas grandes e perfeitas em Portugal esteja em alta" concluiu João de Macedo.

 

Para o responsável do projecto, Mário Almeida "A segunda edição do EDP Mar Sem Fim veio consagrar o projecto e confirmar todo o trabalho que tem vindo a ser realizado ao longo destes dois anos. Aumentámos o número de expedições e locais visitados, o número e valores das bolsas atribuídas e sentimos que estamos a criar bases de apoio aos surfistas. Estamos muito agradecidos com a aposta da EDP no projecto Mar Sem Fim e também com o apoio dos Açores às nossas expedições nas incríveis ilhas açoreanas. Agora é tempo de preparar a entrega dos prémios e planear a 3ª temporada."

 

Ainda este ano, o projecto pretende destacar os surfistas que mais se evidenciaram ao longo da temporada de Inverno 2015/16, através da atribuição de vários prémios como o 'Prémio Surfista da Temporada XXL', que serão anunciados brevemente.

 

A organização está também a preparar o lançamento da 3ª temporada, onde estão previstas muitas novidades, onde se incluem novas bolsas e mais expedições. Na edição que se avizinha, o projecto prevê consolidar a experiência adquirida ao longo dos dois anos , servir como plataforma de comunicação dos surfistas portugueses de ondas grandes, tal como continuar dar a conhecer a potencialidade do nosso país enquanto destino turístico para o Surf.

 

SOBRE AS EXPEDIÇÕES REALIZADAS:

 

1ª EXPEDIÇÃO: realizada à Ilha de S. Miguel, entre 11 a 15 de Novembro 2015, mostrou um enorme potencial para ser a "próxima Nazaré"; Equipa: João de Macedo, Alex Botelho, Eric Rebiere, Diogo Medeiros. (Chefe de Segurança: Marco Medeiros)

 

2ª EXPEDIÇÃO: realizada à Ilha da Graciosa, entre 17 a 21 de Janeiro 2016, permitiu destacar a ilha como um destino idílico para o surf de ondas grandes; Equipa: João de Macedo, João Guedes, Jácome Correia. (Chefe de Segurança: Marco Medeiros)

 

3ª EXPEDIÇÃO: realizada à Ilha da Terceira, entre 29 a 31 de Março 2016, onde foi feito o levantamento de bastantes locais para quebra de recordes XXL. Equipa: João de Macedo e João Guedes. (Chefe de Segurança: Marco Medeiros)

 

SOBRE AS BOLSAS ATRIBUÍDAS:

 

Este ano foram atribuídas 4 bolsas, todas com destinos diferentes. O surfista Alexandre Botelho, tornou-se o primeiro surfista português a surfar a onda de Jaws (Maui - Hawaii), palco da última etapa do Mundial de Ondas Grandes. O valor da bolsa 'Tour' atribuída pelo EDP Mar sem Fim foi usado para treinar e recolher imagens, de forma a submeter-se ao Big Wave Tour, da WSL.

 

Com a ajuda da bolsa 'XXL' atribuída à Jet Resgate Portugal foi criado o CAFT - Centro Avançado de Formação e Treino em Ondas Grandes no Porto da Nazaré, que permitiu melhorar as condições de segurança para os surfistas e criar um espaço destinado a dar suporte avançado aos surfistas de ondas grandes através de treinos e formação de resgate e tow-in na Nazaré.

 

A inclusão da Bolsa 'Girl', foi uma das grandes novidades do projeto deste ano, ganha por Joana Andrade, duas vezes nomeada para os Billabong XXL Awards ao surfar uma onda na Papoa e outra na Nazaré.

 

Por fim, Jácome Correia venceu a bolsa 'Rookie', uma vez que foi confirmado o potencial de crescimento deste surfista, no surf de ondas grandes. A bolsa ajudou o surfista a suportar os custos de preparação da temporada de inverno e foi convidado a integrar a equipa do EDP Mar Sem Fim nas expedições aos Açores.


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS