Pedro Falcão lança o livro "Fly Black Bird - More Than a Surfboard"

Fly Black Bird - More Than a Surfboard

A cultura do surf em livro. Foto: Divulgação


Press release - Pedro Falcão, designer gráfico e surfista, lança o livro Fly Black Bird – More Than a Surfboard no Arnette Surfcity Festival em Barcelona (9-10 Abril). O livro, cujo título provém da sua marca de pranchas de surf, é um tributo apaixonado e multifacetado à cultura do surf.

 

A elaboração do livro contou com a colaboração entre o autor e diversos criativos internacionais como Lee Ranaldo, John Witzig e Mr Furious. Durante o festival, Falcão dará uma conferência sobre as colaborações por detrás do livro, e irá também contribuir para a exposição We are Antonyms.

 

"A publicação deste livro surge da necessidade de comunicar mais além a ideia que gravita à volta do projecto Fly Black Bird. São ideias, estórias, experiências, vivências de pessoas que de alguma forma estão próximas do mar. É um livro intemporal, que não se desactualiza, porque não é pautado pelas novidades. É um documento de partilha, com intenções claras relativamente àquilo que pode girar à volta da cultura alternativa do surf." Pedro Falcão, autor

 

O livro

 

Fly Black Bird – More Than a Surfboard mostra o trabalho de diversos criativos das áreas da música, arte, fotografia, ilustração e arquitectura. O que os une é a paixão pelo surf, e o estilo de vida que lhe é associado. Estas contribuições foram essenciais para materializar a ambição de Pedro Falcão em reproduzir neste livro o que é para si a cultura do surf – um estilo de vida partilhado por todos os que o praticam.

 

O livro inclui entrevistas, ensaios, grafismos, fotografias e citações que reflectem uma perspectiva ampla sobre a cultura do surf. As diferentes abordagens e tópicos escolhidos revelam essa abrangência, assim como a ambição que inspirou o livro. Desde o trabalho de Mr Furious, um alter ego de um designer gráfico, que escreveu alguns comentários – em forma de pequenas frases – perspicazes e sarcásticos sobre o lado absurdo da vida quotidiana; ou uma selecção do portfólio do fotógrafo de surf John Witzig que documenta os primórdios do surf em Portugal; assim como a entrevista a Nicolau da Costa, um antigo arquitecto paisagista, hoje visto como o guardião de uma pequena povoação no Algarve, que partilha a história da sua relação próxima com o mar.

 

O livro é um caleidoscópio que destaca diversos aspectos da cultura do surf. As diferentes secções são separadas por intervalos onde surgem fotografias de página inteira do mar, do surf, e das pessoas que fazem desta actividade o seu estilo de vida; todos os elementos são integrados num design editorial desenvolvido por Pedro Falcão.

 

Mais informação sobre o livro aqui.


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS