Filme sobre Nuno Vitorino, realizado Ricardo Bravo e João Rito, estreou no SAL

22886099 123309711695619 4389653038284253804 n

Nuno Vitorino é o protagonista desta curta-metragem.

 

Titulada de "Uma Vida Melhor", a curta-metragem que retrata a vida de Nuno Vitorino, um dos surfistas mais stoked das nossas praias e presidente da Associação Portuguesa de Surf Adaptado, estreou na passada sexta-feira na edição de 2017 do SAL, grandioso evento de cinema de surf que realizou-se mais uma vez no Cinema São Jorge, no coração de Lisboa.

 

"Uma Vida Melhor" conta a história de vida de Nuno Vitorino, antigo nadador paralímpico e grande impulsionador do surf adaptado em Portugal. "É uma curta-metragem que pretende transmitir à sociedade a ideia de que a cadeira de rodas não pode ser uma condicionante para alcançarmos os nossos sonhos", explicou Nuno Vitorino à Agência Lusa.

 

Este foi um filme realizado por João Rito e por Ricardo Bravo, fotógrafo de sempre da Surf Portugal e que começa a dar os primeiros passos na área cinematográfica. Uma produção que conta com 8 minutos e conta na primeira pessoa a história de Nuno Vitorino, desde o dia em que, há 22 anos, sofreu um acidente que o deixou tetraplégico.

 

"Metade da curta é sobre a minha história, a outra metade é sobre superação, tendo como base o surf", afirmou o antigo atleta, que depois de vários anos na natação adaptada criou a Associação Portuguesa de Surf Adaptado (SURFaddict), que pretende proporcionar a prática de modalidade a pessoas com deficiência.

 

Nuno Vitorino, de 40 anos, é o narrador e protagonista da história, produzida em três meses, e para a qual foram ouvidas várias pessoas que lhe são próximas. Depois do SAL, "Uma Vida Melhor" foi exibida no Surf Summit, no passado domingo.


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS