Portugal entra de forma positiva no Eurosurf e fica mais perto do título europeu

Carol Henrique

Carol tem estado em bom plano no arranque do Eurosurf'2017. Foto: FPS/Divulgação

 

Foi uma entrada de rompante da Seleção Nacional no Eurosurf'2017, que se está a realizar nas ondas geladas da Noruega. Durante o fim-de-semana disputaram-se os dois primeiros dias do evento, onde Portugal somou vitórias atrás de vitórias, não registando ainda qualquer derrota.

 

Tem sido assim um percurso com 100 por cento de sucesso entre os nove atletas que representam a equipa das quinas, algo que deixa Portugal bem encaminhado para lutar pelo título europeu. Algo que acaba por ser quase uma "obrigação", uma vez que as outras duas grandes potências europeias (França e Espanha) estão ausentes.

 

Tomás Fernandes, Pedro Henrique, Guilherme Fonseca e Eduardo Fernandes, em Surf Open, Carol Henrique e Mafalda Lopes, em Surf feminino, João Dantas, em Longboard, Daniel Fonseca, em Bodyboard Open, e Teresa Padrela, em Bodyboard feminino, estão assim todos a cumprir com as expectativas.

 

No entanto, o destaque vai para Carol Henrique e João Dantas. A bicampeã nacional de surf e o jovem talento da Linha alcançaram os melhores scores do dia nas respetivas classes. Carol venceu uma bateria em que teve a companhia da compatriota Mafalda Lopes – avançaram ambas -, com um score de 14,84 pontos.

 

Depois desse embate, Carol e Mafalda venceram os respetivos heats da segunda ronda e carimbaram já passaporte para a terceira ronda. Esta manhã a prova ia ser dedicada ao surf open, esperando-se mais um dia em cheio para as cores nacionais.

 

"Tem sido um início de campeonato de acordo com as nossas expetativas. Temos todos os atletas no quadro principal, um excelente espírito de grupo e uma grande confiança para os próximos dias de competição", frisou o selecionador nacional David Raimundo.


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS