Obrigado! Eric Rebiere anuncia final da carreira profissional

ebcb0144ccfc1dd8a11d9e8061f0b91c

Nos últimos anos tornou-se num dos habituais corajosos a desbravar a Praia do Norte. Foto: WSL/Edgar Pereira

 

O franco-brasileiro Eric Rebiere vai colocar um ponto final na carreira. Foi o próprio ex-competidor do World Tour, agora big rider de excelência, que o anunciou no seu blog pessoal. Aos 39 anos, Rebiere vai aproveitar o tempo para se dedicar aos filhos e à academia de surf que criou na Galiza.

 

Nascido no Brasil, foi em França que cresceu como surfista, até atingir a elite mundial, sendo ele um dos "pioneiros" da famosa Euroforce no Tour, que contou ainda como nomes como o de Tiago Pires, Micky Picon ou Aritz Aranburu. Isto já depois de se ter sagrado campeão do antigo circuito EPSA em duas ocasiões.

 

Mais tarde, Eric viria a instalar-se em Portugal, em São Julião, numa altura em que começou a dedicar-se mais às ondas grandes e à procura de ondas perfeitas. Foi um dos destemidos a marcar regularmente presença nas sessões mais pesadas da Nazaré, conseguindo algumas nomeações para os prémios XXL.

 

Nos últimos anos, Rebiere, que também é um praticante regular e amante de jiu-jitsu, mudou-se para a Corunha, onde abriu uma academia de surf, já depois de ter passado alguns anos da sua vida nas ilhas Canárias. Agora, chegou o tempo de "pendurar as pranchas" em termos profissionais.

 

"A decisão está tomada!", começa por dizer o surfista franco-brasileiro no post de despedida. "A temporada 2017/18 será a última como surfista profissional. Vou dedicar o meu tempo aos miúdos e ao negócio de surf", frisou Eric, antes de endereçar inúmeros agradecimentos às pessoas e agentes mais próximos.

 

O jovem fotógrafo Pedro Meste foi uma das pessoas que mais acompanhou Eric Rebiere durante a "aventura" portuguesa e relembra um surfista que também era "uma ótima pessoa", possuidor de "uma energia que nunca acabava" em busca de ondas novas. "Era uma inspiração e foi um bom exemplo para a comunidade das ondas grandes, como por exemplo, para o António Silva e o João de Macedo, que seguiam muito os seus conselhos", relembra-nos Mestre. "Foi o meu surfista preferido de sempre", remata o fotógrafo da Ericeira.

 

Também a SURFPortugal é incluída nos agradecimentos. Mas somos nós que temos de agradecer ao Eric todos os momentos proporcionados como um verdadeiro cavaleiro das ondas. Assim como todos aqueles que ainda estarão para vir até ao final desta temporada, pois coragem e "go for it" não lhe vão faltar – nunca faltaram! – no próximo inverno. O último de uma singular e lutadora carreira. Obrigado!

 

Eric Rebiere deixou ainda um magnífico vídeo de despedida, aproveitando para anunciar que no dia 13 de março de 2018 acontecerá a festa oficial da sua retirada, que terá lugar em Bastiagueiro, na Corunha.

 


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS