John Severson morre aos 83 anos: Surf chora perda de ícone e fundador da Surfer Mag

johnseverson2

O lado multifacetado tornou-o num dos maiores ícones do surf mundial. Foto: John Severson


O surf está de luto e chora a perde de um dos seus maiores ícones. Mais do que fundador da Surfer Magazine, John Severson foi o "pai" do media de surf e se não fosse por ele, pelas influências que gerou e pelo legado que deixou, muito provavelmente, não estaríamos aqui agora a escrever.

 

Severson tinha 83 anos e morreu na passada sexta-feira, enquanto dormia na sua casa, no Havai. Mas o título de "fundador da Surfer Magazine" não exprime ao máximo todas as valências de um verdadeiro ícone da cultura do surf, originário da Califórnia. Dedicou-se também à arte, ao cinema e à fotografia, entre muitas outras coisas.

 

Foi escritor de primeira linha, editor, jornalista, entre muitas outras tarefas, com as quais ajudou a que imprensa do surf se tornasse naquilo que conhecemos hoje em dia. Nada faz tamanha justiça ao legado de Severson como aquilo que escreveu o jornalista Sam George em 1999: "Sem o contributo de John Severson não existiria media de surf, indústria de surf, nem cultura de surf – pelo menos da forma como a conhecemos atualmente".

 

Recentemente foi figura de destaque na edição #257 da SURFPortugal, com um dos mais vastos e ricos perfis jamais feito sobre ele em língua portuguesa. Uma figura ímpar que, acima de tudo, também era um surfista de coração. Viveu os últimos anos da sua vida no Havai, a desfrutar das famosas ondas locais.

 

Dedicou toda a sua vida a dar forma e expressão ao surf através das artes, do cinema e da imprensa. Foi assim que se tornou num dos maiores nomes da história do surf, uma figura incontornável e lendária. E é por isso que deixa uma perda tamanha no seio da comunidade surfista, um lugar impossível de preencher. Surfa em paz, John Severson!


BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS