Sol e boas ondas no primeiro dia do Junior Pro Espinho

Antunes0127-EspiMasurel low

Afonso Antunes foi um dos portugueses em destaque neste arranque. Foto: WSL/Masurel

 

Press release - O primeiro dia do Junior Pro Espinho, terceira etapa europeia do circuito mundial de surf júnior da WSL (World Surf League), teve início esta quinta-feira, a partir das 10h, com a primeira fase feminina, seguida das duas primeiras masculinas.

 

Em boas ondas de meio metro a um metro, as meninas iniciaram as hostilidades, com destaque para as portuguesas Inês Bispo e Camila Costa – autora da maior pontuação do dia, para a francesa Hina-Maria Conradi e para a britânica Ellie Turner, vencedoras das suas respectivas baterias.

 

De seguida foi a vez dos rapazes entrarem na água, com a primeira fase a ser dominada pelos portugueses Joaquim Chaves e Salvador Couto, autores das melhores pontuações. Infelizmente, nenhum dos dois conseguiu avançar da segunda fase, onde o nível de surf subiu claramente.

 

O maior destaque do dia vai para o taitiano (Polinésia Francesa) Kauli Vaast, que surpreendeu meio mundo com o seu surf altamente explosivo e espectacular. Do alto dos seus 14 anos apenas, Kauli conseguiu a melhor onda (9,27 pontos em 10 possíveis) e a melhor pontuação total (17,84 pontos em 20 possíveis) do dia, lançando um forte aviso à navegação para a restante competição.

 

Outros destaques ficaram por conta dos igualmente franceses Marco Mignot, Thomas Doumenjou, Eliott Napias, Felix Morau, Nalu Doutres e Kilian God, dos espanhóis Sean Gunning e Juan Lopez e do inglês Liam Strout, todos vencedores de baterias renhidas ou protagonistas de boas ondas.

 

Entre os portugueses, avançaram hoje para a terceira fase os muito jovens João Vidal e Afonso Antunes, bem como os mais experientes Gaspar Teixeira e João Moreira, uma das apostas mais fortes entre os atletas lusos.

 

Amanhã, a partir das 7h45m, reinicia-se o Junior Pro Espinho, com as três últimas baterias da segunda fase masculina, seguidas pela terceira fase e pela segunda feminina, onde iniciarão as suas provas os cabeça-de-série e os restantes surfistas portugueses.

 

O Espinho Surf Destination 2016 é uma organização da GPDESIGN Brand Communication e do Surf Atitude Clube, tendo como promotor a Câmara Municipal de Espinho, contando com o apoio do PraiaGolfe Hotel, Castros, Refer, CP, SuperBock e Vitalis, e tendo como media partners a RTP, FUEL TV, SURFPortugal, Vert, ONFIRE e Surftotal.



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS