Fiji Pro: Cloudbreak despertou para uma despedida em grande de Taj Burrow

43242032fbfc78a7eec778e1fb46e612

John John deu uma verdadeira lição tubular ao vivo e a cores para todo o Mundo. Foto: WSL

 

Foi preciso esperar-se cerca de 5 horas - algumas delas com Cloudbreak a não colaborar e a oferecer um espetáculo um pouco aborrecido – para se assistir ao grande momento do dia, neste regresso da ação do Fiji Pro, após quase uma semana de ócio. Mas valeu a pena a espera, uma vez que John John Florence e Taj Burrow ofereceram aos fãs o heat do ano. Que também foi o da despedida do veterano australiano do Tour.

 

Quem olha para este heat pode pensar que foi um dia pesado e perfeito na mítica esquerda de Tavarua. Contudo, esta foi mesmo uma das raras exceções ao longo do dia. Ou, talvez, nem todos tenham a capacidade para tocar viola nestas condições como John John tem. Certo é que o swell chegou mesmo em força, a prova retomou finalmente, houve tubos enormes, mas também muitos minutos sem sal e pimenta e heats com scores muito baixos.

 

Ainda assim, esta quarta-feira valeu mesmo por um duelo de titãs que promete ficar para a história não só do Tour 2016 como do surf mundial. Taj não poderia ter-se despedido de forma mais brilhante. No final ambos classificaram a disputa da mesma forma: "Foi um dos melhores heats da minha vida". Ambos conseguiram duas ondas acima de 9 pontos. Ambos descartam duas notas na casa dos 8 pontos – Taj ainda descartou uma na casa dos 7. Ambos tiveram uma performance e scores de excelência. John John levou a melhor por 16 centésimos. Mas quem mesmo ganhou foram os fãs.

 

 

Slater lidera tops

 

Esta foi uma jornada em que as surpresas ficaram arredadas do palco principal. Os top seeds e as principais estrelas assumiram os seus papéis e não vacilaram na hora de enfrentar um lineup desafiador. E quando as condições não são fáceis, é mais natural que sejam os mais experientes e evoluídos tecnicamente que se destaquem. Kelly Slater deu o mote para os restantes tops, ele que passou nas Fiji pela primeira vez à 4.ª ronda esta temporada.

 

Na realidade dois dos principais top seeds ficaram pelo caminho nesta 3.ª ronda do Fiji Pro. Um deles foi Filipe Toledo, após um heat praticamente parado frente a Dusty Payne. Mas isso nem é bem uma surpresa, tendo em conta as dificuldades já conhecidas no jovem brasileiro quando o mar sobe em ondas de consequência. O outro resultado inesperado foi a derrota de Italo Ferreira para Jadson Andre, numa disputa muito intensa, onde o backup acabou por fazer a diferença.

 

Fora essas duas baixas na armada brasileira, Gabriel Medina esteve em bom plano logo no heat inaugural do dia, vencendo Matt Banting sem qualquer sobressalto. O campeão mundial Adriano de Souza também esteve em grande forma, vencendo facilmente o havaiano Keanu Asing. O regressado Mick Fanning esteve q.b. no triunfo frente ao compatriota Adam Melling. Tal como o líder mundial Matt Wilkinson fez frente ao brasileiro Alejo Muniz, continuando a mostrar que quer levar a amarela até J-Bay – e está a 200 pontos de o conseguir.

 

Voltando ao início, outro dos grandes momentos do dia foi a vitória folgada de Kelly Slater, num heat em que teve somente pela frente Jordy Smith. O 11 vezes campeão mundial está a a mostrar-se mais focado que em qualquer outra evento este ano, encontrou tocas profundas como só ele consegue e não sentiu muitas dificuldades para derrubar o gigante sul-africano. Foi bom ver Kelly a ser novamente Kelly, percebendo que em condições perfeitas, e de uma forma lógica, só ele poderá travar John John Florence.

 

Os outros

 

Houve ainda um punhado de heats em que os vencedores não precisaram sequer de chegar à dezena de pontos para seguir para a próxima fase. Apesar das prestações menos conseguidas, nomes como Michel Bourez ou Wiggolly Dantas - e o já referido Dusty Payne - poderão ter uma cartada a jogar como outsiders e surfistas bem powers que são. Josh Kerr e Ace Buchan, estes já com uma performance melhor, foram os restantes vencedores da ronda.

 

Agora, na 4.ª ronda esperam-se duelos intensos pelas vagas diretas nos quartos-de-final. Destaque para o heat 2 entre Slater, Mineiro e Wiggolly. Mas também para a quarta bateria, onde Ace Buchan terá a companhia de John John Florence e Wilko. Poderá ser o primeiro passo para o ataque do havaiano à liderança. John John é já o único que pode roubar nesta etapa a amarela ao goofy australiano, mas para isso terá de vencer em Cloudbreak e esperar que o rival não avance mais rondas.

 

Ainda assim, mesmo que não consiga assumir a liderança neste Fiji Pro, John John mostra-se nesta altura do ano como o surfista em melhor momento entre os eternos candidatos. Tento em conta que só agora começou a "perna" em que ele mais se destaca e que em Cloudbreak tem mostrado estar melhor que todos os outros, podemos estar mesmo na presença do principal candidato ao título deste ano. Irá ser este o ano de John? Ou Wilko vai ainda aguentar-se bastante tempo imune à pressão da liderança? A resposta vai começar a ser dada esta quinta-feira, naquele que será, muito provavelmente, o dia final da quinta etapa do Tour 2016.

 

Fiji Pro Round 3 Results:
Heat 1: Gabriel Medina (BRA) 14.50 def. Matt Banting (AUS) 4.33
Heat 2: Michel Bourez (PYF) 7.67 def. Kanoa Igarashi (USA) 5.46
Heat 3: Dusty Payne (HAW) 7.20 def. Filipe Toledo (BRA) 6.50
Heat 4: Kelly Slater (USA) 16.56 def. Jordy Smith (ZAF) 11.66
Heat 5: Wiggolly Dantas (BRA) 6.94 def. Conner Coffin (USA) 8.83
Heat 6: Adriano de Souza (BRA) 15.27 def. Keanu Asing (HAW) 11.00
Heat 7: Jadson Andre (BRA) 14.50 def. Italo Ferreira (BRA) 13.73
Heat 8: Josh Kerr (AUS) 14.26 def. Jeremy Flores (FRA) 12.20
Heat 9: Mick Fanning (AUS) 13.40 def. Adam Melling (AUS) 9.17
Heat 10: John John Florence (HAW) 18.76 def. Taj Burrow (AUS) 18.60
Heat 11: Adrian Buchan (AUS) 13.54 def. Miguel Pupo (BRA) 9.93
Heat 12: Matt Wilkinson (AUS) 13.93 def. Alejo Muniz (BRA) 8.50

 

Fiji Pro Round 4 Match-Ups:
Heat 1: Gabriel Medina (BRA), Michel Bourez (PYF), Dusty Payne (HAW)
Heat 2: Kelly Slater (USA), Wiggolly Dantas (BRA), Adriano de Souza (BRA)
Heat 3: Jadson Andre (BRA), Josh Kerr (AUS), Mick Fanning (AUS)
Heat 4: John John Florence (HAW), Adrian Buchan (AUS), Matt Wilkinson (AUS)

 



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS