Peniche recebeu Open Internacional de Kayaksurf

Peniche Kayaksurf

Foto: Divulgação

 

Press release - A Capital da Onda, Peniche, recebeu nos passados dias 28 e 29 de Maio o primeiro evento da edição de 2016 do Peniche Paddle Series powered by Montepio, o Open Internacional de Kayaksurf, inserido no Peniche Náutico 2016.

 

Os melhores do mundo estiveram em Portugal e deram espetáculo nas ondas de Peniche.

 

A prova teve lugar no Pico da Mota, com boas condições no Domingo, dia durante o qual de realizou grande parte da competição.

 

Os favoritos dominaram por completo, alcançando o pódio em todas as categorias e que competiram nas categorias de Masters, Open, Junior e Feminino, nas classes IC e HP.

 

O presidente do município, António José Correia, destacou "aquilo que foi este convívio extremamente salutar nesta prova integrada no Peniche Náutico e que é a apologia da coesão social por países que têm tradições muito fortes em termos da sua relação."

 

Vitor Félix, presidente da Federação Portuguesa de Canoagem, esteve presente no evento e, tal como o próprio reforçou "O kayaksurf é uma disciplina muito jovem na grande família da canoagem nacional e temos todo o orgulho de, em escassos dois anos, termos erguido um campeonato nacional que já envolve atletas de oito clubes e em 2015 termos tido a 1ª equipa nacional da especialidade a participar no Campeonato do Mundo. Este Open é uma aposta na Capital da Onda que tem igualmente todo o nosso apoio."

 

Já Luis Pedro Abreu, elemento da CNKW, refere ainda que "Peniche é sempre um destino de luxo para qualquer desporto de ondas e, esta parceria que temos com o PPSC, é já uma referência. Queremos que esta primeira edição do Open Internacional seja a semente de outras iniciativas abertas a atletas estrangeiros."

 

Em Open IC, Xabi Olano, (4º lugar no Mundial de 2015) sagrou-se o vencedor, por uma margem muito curta sobre Odei Etxeberria (3º no Mundial 2015 na classe júnior), segundo classificado, tendo a dupla portuguesa Alberto Miguel (2º no Nacional HP de 2015) e Paulo Simões, ficado com o terceiro e quarto lugar do pódio.

 

Já em HP Odei Etxebrria levou de vencida o multimedalhado, campeão mundial em título e seu pai, Edu Etxeberria, segundo classificado, o português representante do clube local, Alberto Miguel e Gorka Martin, em quarto.

 

O jovem vencedor afirmou que "foi bom ganhar aqui. Hoje as condições melhoraram e foi estando cada vez melhor e eu fui também estando cada vez melhor e no final consegui ganhar e estar ao nível que queria para esta competição" e completa com "A competição foi incrível e a organização perfeita. Nós, os atletas do país basco estamos muito contentes. Obrigado por tudo!"

 

Paulo Simões, vencedor da Copa Ibérica em 2012, dominou e venceu a categoria de Masters nas classes de IC e HP, levando de vencida Henrique Frazão (2º) e Rui Ribeiro (3º) em IC e Rui Ribeiro (2º), Jose Piñeiro (3º) e Daniel Perez (4º) em HP.

 

Olatz Garmendia, 5º lugar Women HP e 4º Women IC no Mundial de 2015, venceu a categoria Feminina HP sobre a sua compatriota Irati Bordagaray, tendo obtido a segunda posição nas categorias de Junior HP e Junior IC, cujo grande vencedor das mesmas, foi o atual campeão mundial Gorka Martin.

 

Odei Etxeberria conquistou o muito aguardado troféu para a melhor onda de todo o campeonato, com um espetacular score de 8,83 em 10 possíveis, o Best Wave by RPF.

 

O campeão do mundo e treinador dos atletas bascos que dominaram os pódios, Edu Etxeberria, afirmou que "viemos um grupo de San Sebastian, pois gostamos muito de Peniche, quer para surfar, quer para competir. As condições em Portugal nunca nos defraudam. Ainda ontem estava pequeno, mas hoje já esteve maior e divertimo-nos muito. O que mais nos agrada é vir compartilhar e confraternizar com as gentes de Peniche que é muito agradável, simpática e nos acolhe sempre de braços abertos".



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS