Trio português vitorioso rumo à 5.ª ronda do Martinique Surf Pro

cb1a6ed0466a3e71addadc4924f44144

Kikas estreou-se da melhor forma em Basse Point. Foto: WSL

 

José Ferreira, Vasco Ribeiro e Frederico Morais compõem o trio português que conseguiu alcançar um dia 100 por cento vitorioso, esta terça-feira, no Martinique Surf Pro, evento QS3000 que se realiza nas direitas de Basse Point, na Martinica. Todos eles conseguiram assim avançar para a 5.ª ronda.

 

Se para Vasco e Kikas esta foi uma estreia da melhor forma no evento do Caribe, por sua vez, para José Ferreira foi a continuação do que já tinha feito na ronda anterior, ele que começou a sua participação na 3.ª ronda. Desta vez, Zé esteve ainda mais efectivo e conseguiu vencer o heat 10, com 13,07 pontos, superando o francês Marc Lacomare (11,13), Dimitri Ouvre (11,10) e o norte-americano Michael Dunphy (10,67).

 

O surfista do Guincho deu assim o mote para o resto do dia e os dois top seeds nacionais não quiseram ficar atrás. Vasco somou 12,17 pontos e venceu com algum à vontade o heat 12, superando o peruano Luca Mesinas (9,57), o havaiano Granger Larsen (9,13) e o jovem brasileiro Victor Mendes (7,80).

 

Já o campeão nacional Frederico Morais teve uma disputa mais renhida, mas que também acabou por vencer. Os 11,96 pontos de Kikas foram suficientes para bater o basco e ex-top do WCT Aritz Aranburu (11,17), assim como os havaianos Kaito Kino (11,07) e Kiron Jabour (9,97). Ainda restava tempo para a armada lusa voltar a entrar na 5.ª ronda, mas o swell baixou e a prova acabou por parar a meio do dia.

 

Agora, Zé Ferreira vai voltar a competir no heat 5 da 5.ª ronda, frente ao brasileiro Rafael Teixeira, ao australiano Luke Hynd e ao peruano Luca Mesinas. Vasco está logo no heat seguinte e vai enfrentar o norte-americano ex-top WCT Pat Gudauskas e os franceses Marc Lacomare e Medi Veminardi. Por sua vez, Kikas está no heat 8 e mede forças com o havaiano Seth Moniz, com o argentino Santiago Muniz e com o sul-africano Slade Prestwich.

 

Em jogo estarão as vagas para a 6.ª ronda do Martinique Surf Pro, onde já só chegam os 16 melhores surfistas do evento. O novo call está marcado para as 12 horas em Portugal Continental. Com o mar a baixar e com o período de espera a prolongar-se até domingo, a prova poderá não retomar já hoje. Até porque faltam apenas cerca de 8 horas de competição para se conhecer o vencedor.

 



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS