Houve fogo-de-artifício em Margaret River e quem se queimou foi Kelly Slater

6df37f88c1e34fe2be6241e04a272643

Slater tenta perceber junto de Belly o que correu mal no seu heat frente ao enteado do seu ex-mentor. Ironias do destino... Foto: WSL

 

Se a ação no dia anterior já tinha sido de nível elevado, o segundo dia do Drug Aware Margaret River Pro trouxe-nos ainda mais high performance. Mar ligeiramente maior, novamente muito offshore, tubos, aéreos e, acima de tudo, muito jogo de rail à solta num Main Break de belo efeito. O resultado final foi um verdadeiro fogo-de-artifício e um espetáculo incrível. Muito por culpa de nomes como John John Florence, Jordy Smith ou Wiggolly Dantas. Mas o mesmo não se pode dizer de Kelly Slater.

 

Com o Tour a voltar ao seu ritmo normal e com os favoritos a entrarem finalmente na linha, Slater foi o único grande nome a sair de prova já na 2.ª ronda. Começou o dia a perder para Kolohe Andino no que faltava disputar na ronda inaugural. Um pouco mais tarde foi batido inapelavelmente pelo substituto de última hora Leo Fioravanti. O jovem italiano mostrou um surf mais fresco e solto e garantiu uma vitória que nem pareceu ter sido muito difícil de alcançar.

 

O King começa a sua descida ao inferno. Em três eventos já disputados já ficou duas vezes pela 2.ª ronda. Só num deles avançou até à 3.ª ronda. Isto dá apenas um heat vencido e uma taxa de sucesso abaixo dos 20 por cento. Este não é de todo o KS a que nos fomos habituados. É verdade que os 44 anos podem pesar, mas não pode ser só esse o problema. Kelly foi apanhando um tubinho aqui e ali, arriscando lay backs impossíveis, mas fez pouco mais que isso.

 

Esta derrota frente a Fioravanti, que ironicamente é orientado por Belly, seu padrasto e ex-mentor de Slater, é a prova de que Kelly já não é um candidato ao título. Mas só para aqueles fãs acérrimos que ainda acreditavam num milagre, pois há muito já se via que a margem de manobra do 11 vezes campeão mundial era curta. A luta de Slater agora é outro. Realisticamente falando, é a luta pela "manutenção". Estamos a assistir a uma humanização da lenda. Seria necessário este arrastar de carreira?

 

 

Lado oposto

 

O reverso da medalha veio por intermédio de John John Florence, ainda na ronda inaugura. O surf mostrado pela pérola havaiana é das poucas coisas que nos pode animar depois de vermos o rei a cair constantemente. Num heat onde até foi apertado pelo compatriota Sebastian Zietz, John John soube exibir o melhor de si. Alcançou o melhor score do dia, com 18,87 pontos e foi o que mais contribuiu para o espetáculo.

 

Com o arranque da 2.ª ronda tivemos logo os duelos mais importantes, onde os rookies foram ossos duros de roer. No heat inaugural Jeremy Flores teve de suar bastante para superar o local Jay Davies, valendo-lhe 20 escassos centésimos. Jordy também teve de se aplicar para bater outro local, o jovem Jacob Willcox. Por fim, e já depois da surpresa da eliminação de Slater, Wiggolly Dantas misturou tubos e o seu poderoso backside para bater Jack Robinson com algum à vontade.

 

Com os principais nomes a não vacilarem a ronda avançou com duelos entre surfistas com seeding equilibrado, o que se provou mesmo pelos resultados. Disputas intensas e decididas por muito poucos pontos. O ponto alto foi o duelo entre Ace Buchan e Dusty Payne, com o australiano a somar 18 pontos e a vencer por apenas 7 centésimos. A grande surpresa seria mesmo a eliminação do rookie e número 2 mundial Conner Coffin frente ao substituto Adam Melling.

 

Até final Caio Ibelli somou mais um triunfo, desta vez batendo o compatriota Alex Ribeiro. Alejo Muniz regressou em grande, eliminando Kai Otton. Matt Banting surpreendeu o suplente do momento Stu Kennedy. Kanoa Igarashi venceu o duelo de rookies com Ryan Callinan. Miguel Pupo bateu Davey Cathels. E, por fim, o suplente Sebastian Zietz voltou a dar uma lição de belo surf, ganhando a disputa com o compatriota Keanu Asing e provando, mais uma vez, que há gente fora do Tour com muito mais qualidade que outros que fazem parte do top 34.

 

Agora, com quase todos os favoritos em prova, a 3.ª ronda avizinha-se intensa e o fogo-de-artifício poderá aumentar. O mar deve continuar no mesmo registo para este domingo e todo começa logo com um embate entre o líder Matt Wilkinson e o jovem Matt Banting. Adriano de Souza vai receber a deixa de Slater, enfrentando Fioravanti. Medina vai ter de medir forças com Adam Melling. Jordy Smith encara Kanoa Igarashi. Há ainda um duelo prometedor entre John John Florence e Caio Ibelli, que até se trata de um reencontro, onde o havaiano irá querer ajustar contas. Tudo isto se resume a expectativas altas na West OZ!

 

Drug Aware Margaret River Pro Men’s Remaining Round 1 Results:
Heat 10:
Kolohe Andino (USA) 15.70,  Kelly Slater (USA) 12.16, Miguel Pupo (BRA) 5.10
Heat 11: Josh Kerr (AUS) 14.93, Wiggolly Dantas (BRA) 14.50, Jay Davis (AUS) 9.50
Heat 12: John John Florence (HAW) 18.87, Adrian Buchan (AUS) 15.27, Sebastian Zietz (HAW) 13.20

 

Drug Aware Margaret River Pro Men’s Round 2 Results:
Heat 1:
Jeremy Flores (13.00) 14.80 def. Jay Davies (AUS) 14.60
Heat 2: Jordy Smith (ZAF) 15.94 def. Jacob Willcox (AUS) 13.73
Heat 3: Leonardo Fioravanti (ITA) 16.60 def. Kelly Slater (USA) 13.43
Heat 4: Wiggolly Dantas (BRA) 18.06 def. Jack Robinson (AUS) 14.37
Heat 5: Adrian Buchan (AUS) 18.00 def. Dusty Payne (HAW) 17.93
Heat 6: Adam Melling (AUS) 13.84 def. Conner Coffin (USA) 12.63
Heat 7: Caio Ibelli (BRA) 14.74 def. Alex Ribeiro (BRA) 12.83
Heat 8: Alejo Muniz (BRA)12.23 def. Kai Otton (AUS) 10.57
Heat 9: Matt Banting (AUS) 14.90 def. Stuart Kennedy (AUS) 13.30
Heat 10: Kanoa Igarashi (USA) 14.23 def. Ryan Callinan (AUS) 13.64
Heat 11: Miguel Pupo (BRA) 14.50 def. Davey Cathels (AUS) 13.33
Heat 12: Sebastian Zietz (HAW) 15.40 def. Keanu Asing (HAW) 13.00  

 

Drug Aware Margaret River Pro Men’s Round 3 Match-Ups:
Heat 1:
Matt Wilkinson (AUS) vs. Matt Banting (AUS)
Heat 2: Joel Parkinson (AUS) vs. Michel Bourez (PYF)
Heat 3: Julian Wilson (AUS) vs. Miguel Pupo (BRA)
Heat 4: Nat Young (USA) vs. Taj Burrow (AUS)
Heat 5: Josh Kerr (AUS) vs. Adrian Buchan (AUS)
Heat 6: Adriano de Souza (BRA) vs. Leonardo Fioravanti (ITA)
Heat 7: Gabriel Medina (BRA) vs. Adam Melling (AUS)
Heat 8: Wiggolly Dantas (BRA) vs. Kolohe Andino (USA)
Heat 9: Jordy Smith (ZAF) vs. Kanoa Igarashi (USA)
Heat 10: Jeremy Flores (FRA) vs. Sebastian Zietz (HAW)
Heat 11: John John Florence (HAW) vs. Caio Ibelli (BRA)
Heat 12: Italo Ferreira (BRA) vs. Alejo Muniz (BRA)

 

Drug Aware Margaret River Pro Women’s Round 2 Match-Ups:
Heat 1:
Malia Manuel (HAW) vs. Keely Andrew (AUS)
Heat 2: Bianca Buitendag (ZAF) vs. Chelsea Tuach (BRB)
Heat 3: Tyler Wright (AUS) vs. Felicity Palmateer (AUS)
Heat 4: Johanne Defay (FRA) vs. Laura Enever (AUS)
Heat 5: Stephanie Gilmore (AUS) vs. Coco Ho (HAW)
Heat 6: Sage Erickson (USA) vs. Alessa Quizon (HAW)

 



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS