Rip Curl Pro Bells Beach: Mason Ho elimina campeão mundial em dia dramático e pesado

e46b9a89730f5cc31c6075e807eff70b

Desta vez foi um wildcard a causar o impacto maior. Foto: WSL

 

Não faltou drama nem momentos de suspense no domingo de Páscoa em Bells Beach. Uma jornada intensa de surf, com dezenas de heats bem intensos em condições exigentes e pesadas. O mar subiu bem e mesmo sem as famosas direitas australianas estarem perfeitas, os melhores surfistas do Mundo tiveram espaço para brilhar, sobretudo os admiradores de um surf mais power.

 

As surpresas regressaram ao Tour e com a realização da 2.ª e metade da 3.ª ronda tivemos oportunidade de ver um punhado de resultados inesperados. O maior deles aconteceu mesmo no final do dia e com high drama à mistura, quando o wildcard Mason Ho colocou o campeão mundial fora de prova. Entre surpresas e certezas, a verdade é que Matt Wilkinson cumpriu a sua missão com eficácia e já será complicado sair de Bells sem a sua lycra amarela.

 

Substitutos, outra vez

 

Com os principais favoritos a terem avançado diretamente para a 3.ª ronda, apenas o nome de Kelly Slater gerava mais expectativa para a repescagem. Mas antes do 11 vezes campeão mundial entrar em ação, já aconteciam surpresas. Mason Ho batia Jeremy Flores e fazia cair o primeiro top seed logo ao início do dia, dando sinal do que estava para acontecer. Por sua vez, Kelly não se deixou surpreender pelo jovem Tim Bisso, outro dos wildcards. Ainda assim, KS esteve longe de deslumbrar. Lembram-se de quando um velho Jordan regressou para competir nos modestos Wasshington Wizzards? Sim, a sensação é idêntica.

 

Depois entraram em ação os substitutos, cheios de motivação após os resultados de Snappers. Primeiro foi Sebastian Zietz a mostrar todo o seu surf entusiasmante para eliminar Kolohe Andino já rente ao toque da buzina. O californiano vinha de uma final na Gold Coast e agora cai de primeira... De seguida, foi o incrível Stu Kennedy a bater facilmente Matt Banting, demonstrando que esta gente mesmo não pertencendo ao Tour tem mais qualidade do que muitos que lá andam.

 

Mas houve um dado novo, precisamente o quarto substituto que na primeira etapa não este em ação. Dusty Payne veio do Havai para colocar Josh Kerr fora de ação. Os lips pesados adaptavam-se na perfeição ao surf mais descomplexado e corajoso de Dusty, que não hesitou em elevar o espetáculo. O único substituto que não seguiu em frente foi Adam Melling, o que acaba por não ser novidade. O australiano foi eliminado por um Jordy Smith que finalmente mostrou um ar da sua graça, com um surf de rail bem entusiasmante.

 

Entre as caras menos habituais houve ainda dois rookies em destaque. Conner Coffin conseguiu eliminar Jadson Andre e colocou o brasileiro num lote de surfistas, onde também entra Matt Banting ou Alex Ribeiro, por exemplo. São aqueles que a continuar assim terão muitas dificuldades em ficar no Tour. Num dos melhores duelos da ronda, Caio Ibelli bateu de forma emocionante o também rookie Ryan Callinan.

 

Os outsiders Italo Ferreira, Ace Buchan e Michel Bourez também avançaram para a ronda seguinte sem grandes percalços. Mas a surpresa da ronda foi mesmo a derrota de Taj Burrow para Miguel Pupo. O goofy brasileiro colocou o estilo ao serviço da eficácia e ofereceu um belo espetáculo. Taj ainda respondeu no final, ficando a apenas 10 centésimos de vencer a bateria. Estava assim consumada uma das maiores surpresas do dia.

 

Surpresa final

 

Após uma longa maratona em que por muitas vezes os surfistas mais pareciam estar a esquiar numa pista de obstáculos, muito por culpa do onshore, o mar começou a endireitar um pouco mais para a tarde. O tamanho das ondas ia ajudando a trazer emoção e as surpresas também. Contudo, no início da 3.ª ronda os top seeds não deram azo a que elas continuassem. Pelo menos nos primeiros cinco heats. Os famosos substitutos acabaram por cair logo nos dois primeiros duelos. Seabass voltou a surfar muito bem, mas caiu para um Italo regressado à melhor forma. Já Stu não se encontrou frente a Nat Young, que parece novamente embalado para causar impacto em Bells com o seu poderoso backside.

 

Seguiram-se os triunfos fáceis de Julian Wilson e Matt Wilkinson frente a Miguel Pupo e Kanoa Igarashi, respetivamente. Mas ambos surgiram de forma diferente. Julian venceu mas não deslumbrou. Wilko chamou um figo às paredes bem levantadas que lhe surgiram à frente e mostrou grande eficácia no triunfo. Este não é, de todo, o mesmo surfista que vimos nos últimos anos. Poderá lutar pelo título? Dificilmente. Mas a verdade é que já é difícil que não saia de Bells na liderança. Basta olhar para a situação da etapa e perceber que apenas Joel Parkinson e John John poderão impedir isso. Isto se Wilko não avançar mais na etapa... Na 4.ª ronda terá pela frente Mason Ho e Wiggolly.

 

O triunfo de Wiggolly Dantas num duelo goofy com Ace Buchan serviu de aquecimento para a bateria final do dia. Adriano de Souza tinha pela frente Mason Ho. O enérgico havaiano é um verdadeiro animador, mas longe do seu Havai não costuma ser tão letal. E não o estava a ser até ao último minuto do heat. O campeão mundial até esteve a um nível elevado, mas Ho proporcionou a maior surpresa do dia, na última onda deste domingo. Mineiro estava fora do evento e vinha aí uma daquelas entrevistas de ir às lágrimas. Cortesia de Mason Ho.

 

A prova chegou assim ao final, com metade da 3.ª ronda por se disputar. E esta é a melhor parte do quadro. Mick Fanning, Gabriel Medina, Kelly Slater, Joel Parkinson, Jonh John Florence e Jordy Smith. Todos eles ainda terão de competir para lutar por uma vaga na 4.ª ronda. Espetáculo garantido para quando a prova recomeçar. E com tanta gente importante ainda em prova também aumenta a probabilidade de acontecerem mais surpresas.

 

Rip Curl Pro Bells Beach Round 2 Results:
Heat 1:
Italo Ferreira (BRA) 13.43 def. Tim Stevenson (AUS) 11.67
Heat 2: Mason Ho (HAW) 10.64 def. Jeremy Flores (FRA) 9.80
Heat 3: Kelly Slater (USA) 12.90 def. Timothee Bisso (GLP) 10.50
Heat 4:  Dusty Payne (HAW) 13.84 def. Josh Kerr (AUS) 12.94
Heat 5: Jordy Smith (ZAF) 15.87 def. Adam Melling (AUS) 14.50
Heat 6: Adrian Buchan (AUS) 14.23 def. Alex Ribeiro (BRA) 5.27
Heat 7:  Sebastian Zietz (HAW) 13.94 def. Kolohe Andino (USA) 13.84
Heat 8: Miguel Pupo (BRA) 15.10 def. Taj Burrow (AUS) 15.00
Heat 9: Caio Ibelli (BRA) 16.83 def. Ryan Callinan (AUS) 16.43
Heat 10: Stuart Kennedy (AUS) 13.20 def. Matt Banting (AUS) 10.57
Heat 11: Conner Coffin (USA) 14.53 def. Jadson Andre (BRA) 14.20
Heat 12: Michel Bourez (PYF) 16.77 def. Keanu Asing (HAW) 13.23

 

Rip Curl Pro Bells Beach Round 3 Results:
Heat 1:
Italo Ferreira (BRA) 17.00 def. Sebastian Zietz (HAW) 15.83
Heat 2: Nat Young (USA) 13.50 def. Stuart Kennedy (AUS) 7.67
Heat 3: Julian Wilson (AUS) 12.44 def. Miguel Pupo (BRA) 9.67
Heat 4: Matt Wilkinson (AUS) 15.47 def. Kanoa Igarashi (USA) 8.37
Heat 5: Wiggolly Dantas (BRA) 13.37 def. Adrian Buchan (AUS) 12.60
Heat 6: Mason Ho (HAW) 15.10 def. Adriano De Souza (BRA) 14.33

 

Rip Curl Pro Bells Beach Remaining Round 3 Match-Ups:
Heat 7:
Mick Fanning (AUS) vs. Dusty Payne (HAW)
Heat 8: Jordy Smith (ZAF) vs. Kai Otton (AUS)
Heat 9: Joel Parkinson (AUS) vs. Conner Coffin (USA)
Heat 10: Kelly Slater (USA) vs. Michel Bourez (PYF)
Heat 11: John John Florence (HAW) vs. Caio Ibelli (BRA)
Heat 12: Gabriel Medina (BRA) vs. Davey Cathels (AUS)

 

Rip Curl Women’s Pro Bells Beach Round 4 Match-Ups:
Heat 1:  
Alessa Quizon (HAW) vs. Bianca Buitendag (ZAF)
Heat 2: Malia Manuel (HAW) vs. Stephanie Gilmore (AUS)
Heat 3: Nikki Van Dijk (AUS) vs. Tyler Wright (AUS)
Heat 4: Bronte Macaulay (AUS) vs. Tatiana Weston-Webb (HAW)

 



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS