Rip Curl Pro Bells Beach: Favoritos não facilitam num arranque a meio gás

47e9304031130f5cda2a400984d521e6

Fanning esteve um nível acima da concorrência. Foto: WSL


Esta sexta-feira ficou marcada pelo arranque da competição masculina no Rip Curl Pro Bells Beach. Contudo, tratou-se de um início a meio gás e que deixou algo aa desejar, sobretudo em relação à qualidade das ondas. Ainda assim, os principais favoritos conseguiram impor a lei do mais forte e evitaram as surpresas que aconteceram na etapa anterior na Gold Coast. Realizaram-se apenas seis heats, que poucas notas nos deixaram sobre este dia.

 

Um call um pouco duvidoso, que obrigou os surfistas a esforços redobrados. O mar tinha tamanho, mas esteve longe de acertar. Não eram aquelas direitas que estamos acostumados a ver em Bells. Ou melhor, até eram, tendo em conta os anos recentes na mítica paragem australiana. As três horas de surf valeram por algumas prestações positivas, como a de Mick Fanning ou do rookie Davey Cathels.

 

Entre os top seeds as maiores surpresas foram as derrotas de Jeremy Flores, superado por um Cathels inspirado, e de Italo Ferreira. O jovem australiano foi o surfista que conseguiu conectar melhor o seu surf com as ondas complicadas de Bells, oferecendo um belo arranque de ação. Até parecia que íamos ter um dia excitante, mas foi culpa de Cathels, que nos enganou.

 

Já o rookie de 2015 foi batido por um dos candidatos a rookie do ano. Depois de ter surpreendido em Snappers, Kanoa Igarashi voltou a utilizar o seu killer instict para avançar diretamente para a 3.ª ronda. O surf que a jovem estrela norte-americana apresenta ainda não é de uma espectacularidade acima da média, mas é de uma eficácia tremenda. Apesar dos 18 anos, parece que já ali anda há anos, sabendo exatamente o que tem de fazer para, mais do que dar nas vistas, vencer heats.

 

Pelo meio, Julian Wilson - já uns furos acima do que se mostrou na primeira etapa – evitou nova surpresa dos substitutos e bateu Adam Melling e o badalado Stu Kennedy. Gabriel Medina só precisou de surfar q.b. para também vencer a sua bateria. Fê-lo exatamente com a mesma pontuação de Julian, não permitindo que o rookie Conner Coffin ou o wildcard Tim Bisso sonhassem sequer com a vitória. Embora o rookie norte-americano nos tenha enchido a vista com uma finalização bem power - pena que a onda não oferecesse mais qualquer coisa...

 

Chegava a hora de Mick Fanning. O tricampeão mundial mostrou que é o surfista em melhor forma do momento. Depois do péssimo resultado na Gold Coast, Mick começou da melhor forma em Bells, mostrando que, mais do que ninguém, quer tocar o sino, para depois então partir para a sua merecida pausa. Somou 16,93 pontos, conseguindo duas ondas na casa dos 8 pontos. Esteve um nível acima de todos os outros, conectando-se exemplarmente às exigentes condições, graças ao seu surf clínico.

 

Ninguém estava a vacilar e o campeão mundial também não o fez. Adriano de Souza mostrou a fibra de que é feito e também ele venceu na estreia em Bells. Contudo, foi a prestação menos conseguida de todos os favoritos. Mas, verdade seja dita, com o mar cada vez pior. Tanto que a organização decidiu parar a prova logo a seguir. Mineiro sofreu para superar o desconhecido local que venceu os trials (Tim Stevenson), mas o que interessa é que já tem a sua missão cumprida.

 

O mesmo não podem dizer outros nomes, como o surpreendente líder mundial Matt Wilkinson, Kelly Slater, Joel Parkinson ou John John Florence, que ainda não entraram em prova. Veremos se isso acontece já esta noite – manhã de sábado na Austrália. Se o mar se apresentar da mesma forma, mais vale deixarem a rapaziada festejar a Páscoa descansada. Ganham eles e o espetáculo.

 

Rip Curl Pro Bells Beach Round 1 Results:
Heat 1:
Davey Cathels (AUS) 15.20, Jeremy Flores (FRA) 13.60, Caio Ibelli (BRA) 10.00
Heat 2: Julian Wilson (AUS) 13.84, Stuart Kennedy (AUS) 11.40, Adam Melling (AUS) 10.57
Heat 3: Kanoa Igarashi (USA) 14.04, Dusty Payne (HAW) 12.67, Italo Ferreira (BRA) 12.46
Heat 4: Gabriel Medina (BRA) 13.84, Conner Coffin (USA) 11.37, Timothee Bisso (GLP) 10.53
Heat 5: Mick Fanning (AUS) 16.93, Keanu Asing (HAW) 12.77, Mason Ho (HAW) 9.76
Heat 6: Adriano de Souza (BRA) 11.23, Tim Stevenson (AUS) 10.60, Michel Bourez (PYF) 9.00 

 

Rip Curl Pro Bells Beach Remaining Round 1 Match-Ups:
Heat 7:
Kelly Slater (USA), Kai Otton (AUS), Alex Ribeiro (BRA)
Heat 8: Joel Parkinson (AUS), Taj Burrow (AUS), Sebastian Zietz (HAW)
Heat 9: Matt Wilkinson (AUS), Kolohe Andino (USA), Miguel Pupo (HAW)
Heat 10: Nat Young (AUS), Adrian Buchan (AUS), Ryan Callinan (AUS)
Heat 11: Josh Kerr (AUS), Wiggolly Dantas (BRA), Matt Banting (AUS)
Heat 12: John John Florence (HAW), Jordy Smith (ZAF), Jadson Andre (BRA)

 

Rip Curl Women’s Pro Bells Beach Round 2 Match-Ups:
Heat 1:
Nikki Van Dijk (AUS) vs. Chelsea Tuach (BRB)
Heat 2: Sage Erickson (USA) vs. Alessa Quizon (HAW)
Heat 3: Sally Fitzgibbons (AUS) vs. Brisa Hennessy (HAW)
Heat 4: Stephanie Gilmore (AUS) vs. Laura Enever (AUS)
Heat 5: Tatiana Weston-Webb (HAW) vs. Coco Ho (HAW)
Heat 6: Keely Andrew (AUS) vs. Bronte Macaulay (AUS)

 



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS