Griffin Colapinto e Mahina Maeda campeões em Pipeline

bf1ff59dde46abc05883aff0e81ec7ce

Maeda mostra que a festa em Pipe não se faz só de tubos. Foto: WSL

 

O jovem californiano Griffin Colapinto e a havaiana Mahina Maeda sagraram-se esta terça-feira os vencedores das duas provas que decorreram em Pipeline, no North Shore de Oahu. A prova masculina (Pipe Pro Junior) contava para o Pro Junior Havaiano, enquanto a feminina (Wahine Pipe Pro) pertencia ao WQS e tinha um estatuto de QS1000.

 

Colapinto superiorizou-se a uma forte concorrência local ao longo de todo o evento, sendo que na final até foram os norte-americanos e estar em maioria. Os 15,40 pontos conquistados no heat decisivo foram suficientes para segurar o triunfo, deixando Braden Jones (10,60) no 2.º posto, o havaiano Cody Young (9,00) no 3.º e ainda Ryland Rubens (8,00) no 4.º.

 

Já nas mulheres foi a campeã mundial júnior de 2014 e vice-campeã de 2015 que foi mais forte que todas as outras atiradas surfistas locais. Maeda somou 10,45 pontos na final e bateu as compatriotas Moana Jones (10,25), Kahanu Delovio (8,55) – autora do único 10 da prova - e Summer Macedo (6,95), sucedendo a Keala Kennely como vencedora neste prestigiado palco.



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS