Taiwan coroa Honolua Blomfield como campeã mundial de Longboard

5f7d3948161292458448344c0d532f73

Eis a nova rainha do longboard mundial. Foto: WSL

 

As ondas de Jinzun Harbor, em Taiwan, estão a ser o palco da grande final do circuito mundial de Longboard, tendo já coroado a jovem havaiana Honolua Blomfield como a nova rainha da modalidade. Também a prova masculina está perto do fim, com Taylor Jensen bem posicionado para reconquistar o título mundial.

 

Na prova feminina Blomfield foi mais forte que toda a concorrência e no dia final deu uma verdadeira lição de longboard. Os 18,60 pontos conquistados na final frente à norte-americana Lindsay Steinriede, que se ficou pelos 16,50, foram o culminar de uma exibição de grande nível por parte da havaiana.

 

A nova campeã beneficiou da derrota precoce da brasileira Chloe Calmon, que terminou no 9.º posto. Calmon tinha vencido a primeira etapa deste mundial, na Papua Nova Guiné, mas acabou por não conseguir segurar a liderança do ranking, terminando pelo segundo ano consecutivo como vice-campeã mundial. Já Blomfield juntou este triunfo ao terceiro posto alcançado nessa primeira etapa.

 

Blomfield recupera o título para o Havai após um hiato de três anos, após Kelia Moniz se ter sagrado bicampeã mundial em 2013. A jovem havaiana, de apenas 18 anos, sucedeu assim à norte-americana Tory Gilkerson como campeã mundial de longboard. Blomfield bateu ainda a campeã mundial de 2015, Rachael Tily, nas meias-finais.

 

Nos homens as contas estão ainda por definir, quando a prova já apurou os semifinalistas. Depois de vencer na Papua Nova Guiné, o norte-americano Taylor Jensen parecia lançado para reconquistar um título que lhe foge desde 2011. No entanto, Jensen acabou por ser eliminado nos quartos-de-final frente ao brasileiro e campeão mundial em título Phil Rajzman.

 

Agora, a corrida pelo título masculino ficou em suspense. Curiosamente, Rajzman é o único dos semifinalistas que já não tem hipóteses de chegar ao título, depois de ter sido apenas 9.º na etapa inaugural. Todos os outros semifinalistas – o australiano Harley Ingleby, o francês Edouard Delpero e o norte-americano Cole Robbins - precisam vencer para irem disputar o título com Jensen numa finalíssima. Depois de eliminar o líder mundial, Rajzman é agora a esperança do mesmo para assegurar o título mundial sem ir ao desempate.



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS