Kikas na 4.ª ronda em Supertubos e John John Florence mais perto do título mundial

059cc9e6a53155fe85d0c408cdac4669

Kikas foi taticamente mais forte e mantém as esperanças portuguesas vivas em Peniche, Foto: WSL

 

O swell desceu, mas as condições alinharam. Este domingo não se viu tanta "carnificina" em Peniche, mas o segundo dia do MEO Rip Curl Pro Portugal ofereceu mais tubos e um espetáculo de grande nível. Sobretudo quando os portugueses estiveram na água, muto por culpa dos muitos milhares que estiveram no areal. Sortes diferentes para eles, com Vasco Ribeiro a dar muita luta a John John Florence, mas a ser eliminado, enquanto Frederico Morais mostrou a competitividade e eficiência que são seu apanágio para avançar para a 4.ª ronda.

 

Vasco até se mostrou mais conectado que Kikas com o mar em Supertubos, mas o valor do oponente acabou por ditar a eliminação, depois de duas boas prestações. Já Frederico começou o dia a eliminar Nat Young, com um score de 5,03, onde a sua eficiência competitiva teve de vir ao de cima, numa altura em que o mar ainda não tinha acordado. Depois, teve uma dura batalha frente a Michel Bourez, onde voltou a ser mais inteligente taticamente em relação ao adversário, mas quase ia borrando a pintura no final. Valeu o toque de buzina antes do takeoff do taitiano a evitar a interferência.

 

Kikas já está assim entre os 12 melhores surfistas do evento português e tem agora duas hipóteses para chegar aos quartos-de-final. E, sem querer subestimar, a concorrência, até parece ter tido sorte com a parte do draw em que ficou. O português vai agora competir no heat 3 da 4.ª ronda, tendo pela frente o australiano Josh Kerr e o norte-americano Kanoa Igarashi. Frederico só não está mais perto de carimbar o título do rookie do ano, porque Connor O'Leary também se mantém em prova, prometendo não dar tréguas aos surfistas cascalense. Mais longe já ficou o francês Joan Duru.

 

Também se registaram muitas surpresas e algumas deceções, com mais uns quantos candidatos a ficarem de fora da luta pelo título. Matt Wilkinson e Adriano de Souza perderam na 3.ª ronda e estão fora. Já Jordy Smith sucumbiu perante Josh Kerr e deixou as portas do título escancaradas para John John Florence. Agora, se o havaiano vencer é automaticamente campeão mundial e Portugal. Novamente. Tal como em 2016. Mas até pode nem precisar disso, pois se chegar à final e o vencedor não for Gabriel Medina também garante o título.

 

O problema é que Medina parece estar a encarrilhar com Supertubos, fechando o dia com a melhor prestação da ronda e um tubo que ficou bem perto de levar o primeiro 10 do campeonato – talvez tenha só faltado uma saída limpa. Quem também ainda está em jogo é Julian Wilson, mas o australiano já está a precisar de chegar à final para se manter na luta, isto se John John não chegar às meias-finais, porque aí o requisito aumenta. Nos próximos dias a luta promete, com o campeão do MEO Rip Curl Pro Portugal a estar perto de ser encontrado. Terça-feira deverá ser uma forte hipótese, mas falta saber como será o call desta segunda-feira.

 

MEO Rip Curl Pro Portugal Round 2 Resultados:

Heat 1: Gabriel Medina (BRA) 11.66 def. Mason Ho (HAW) 6.33

Heat 2: Vasco Ribeiro (PRT) 11.20 def. Owen Wright (AUS) 10.17

Heat 3: Adriano De Souza (BRA) 12.27 def. Stuart Kennedy (AUS) 4.93

Heat 4: Leonardo Fioravanti (ITA) 15.34 def. Filipe Toledo (BRA) 8.40

Heat 5: Kolohe Andino (USA) 14.24 def. Jadson Andre (BRA) 8.00

Heat 6: Frederico Morais (PRT) 5.03 def. Nat Young (USA) 2.87

Heat 7: Adrian Buchan (AUS) 9.07 def. Ezekiel Lau (HAW) 6.90

Heat 8: Connor O'Leary (AUS) 10.70 def. Ian Gouveia (BRA) 5.97

Heat 9: Kanoa Igarashi (USA) 15.93 def. Joan Duru (FRA) 9.23

Heat 10: Italo Ferreira (BRA) 11.53 def. Jeremy Flores (FRA) 7.77

Heat 11: Caio Ibelli (BRA) 12.33 def. Wiggolly Dantas (BRA) 3.87

Heat 12: Conner Coffin (USA) 11.10 def. Bede Durbidge (AUS) 8.60

 

MEO Rip Curl Pro Portugal Round 3 Resultados:

Heat 1: Leonardo Fioravanti (ITA) 9.76 def. Matt Wilkinson (AUS) 5.63

Heat 2: Sebastian Zietz (HAW) 12.10 def. Conner Coffin (USA) 4.77

Heat 3: Julian Wilson (AUS) 13.43 def. Jack Freestone (AUS) 7.00

Heat 4: Kolohe Andino (USA) 13.96 def. Italo Ferreira (BRA) 12.56

Heat 5: Connor O'Leary (AUS) 15.73 def. Adrian Buchan (AUS) 15.50  

Heat 6: John John Florence (HAW) 14.74 def. Vasco Ribeiro (PRT) 13.73

Heat 7: Josh Kerr (AUS) 8.67 def. Jordy Smith (ZAF) 8.27

Heat 8: Frederico Morais (PRT) 11.00 def. Michel Bourez (PYF) 8.74

Heat 9: Kanoa Igarashi (USA) 11.67 def. Joel Parkinson (AUS) 5.27

Heat 10: Miguel Pupo (BRA) 13.54 def. Adriano De Souza (BRA) 13.24

Heat 11: Mick Fanning (AUS) 11.40 vs. Caio Ibelli (BRA) 10.40

Heat 12: Gabriel Medina (BRA) 17.34 vs. Ethan Ewing (AUS) 10.40

 

MEO Rip Curl Pro Portugal Round 4:

Heat 1: Leonardo Fioravanti (ITL), Sebastian Zietz (HAW), Julian Wilson (AUS)

Heat 2: John John Florence (HAW), Kolohe Andino (USA), Connor O'Leary (AUS)

Heat 3: Josh Kerr (AUS), Frederico Morais (PRT), Kanoa Igarashi (USA)

Heat 4: Miguel Pupo (BRA), Mick Fanning (AUS), Gabriel Medina (BRA)



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS