Armada lusa a caminho da África do Sul com Tiago Pires entre os presentes

142eae5555f0d4adb83c34c8faca2e31 copy

Saca poderá ter oportunidade de matar saudades das lycras internacionais. Foto: WSL

 

Após algumas semanas menos intensas, o circuito WQS volta agora a ganhar ritmo, sendo que grande parte dos próximos eventos terá lugar na África do Sul, terminando com o primeiro QS10000 da temporada, em Ballito. A armada lusa já está a caminho das ondas africanas, levando uma representação forte, onde se inclui Tiago Pires.

 

O primeiro surfista português a chegar à elite mundial vai acompanhar Vasco Ribeiro nesta fase decisiva da época, mas também tentará "dar uma perninha", uma vez que se inscreveu num dos eventos. Ainda assim, a presença de Saca na água não é certa, pois encontra-se neste momento à espera de desistências para entrar no evento.

 

A participação portuguesa inicia-se já na quarta-feira, com o Volkswagen SA Open of Surfing, um QS3000 que se irá realizar em Durban. Vasco Ribeiro, Tomás Fernandes, Miguel Blanco, Jácome Correia, Henrique Pyrrait e Luís Perloiro são os portugueses inscritos neste evento, sendo que Tiago Pires surge no segundo posto na lista de alternates.

 

Depois, o circuito segue para Cape Town, onde no dia 22 deste mês arranca o Jordy Smith Cape Town Surf Pro, um QS1000 em honra da estrela sul-africana, que vai ser um dos competidores presentes. Portugal vai estar representado nesta prova por Henrique Pyrrait, sendo que na prova feminina vai está ainda inscrita Camilla Kemp.

 

No dia 3 de julho terá início, então, o Ballito Pro, dias depois de se ter realizado um QS1000 feminino no mesmo local, onde Teresa Bonvalot, como top seed número 1, e Camilla Kemp irão marcar presença. Frederico Morais, Vasco Ribeiro e Pedro Henrique foram os únicos portugueses a conseguir entrada direta no primeiro QS10000 da temporada, sendo que Miguel Blanco é o 20.º na lista de alternates.

 

Será em Ballito que começará verdadeiramente a grande corrida à qualificação para o World Tour 2018, estando em prova nas ondas sul-africanas 17 surfistas pertencentes à elite mundial, para além da nata do top 100 mundial. Para além de Kikas, Jordy Smith, Jeremy Flores, Italo Ferreira, Josh Kerr ou Jack Freestone são outras das estrelas do CT inscritas.



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS