Portugal sagra-se vice-campeão do Mundo da ISA pela terceira vez consecutiva

Closing Ceremony ISA Ben Reed-19

O 3.º posto alcançado por Pedro Henrique na prova masculina foi crucial para este desfecho. Foto: ISA/Reed

 

Nicarágua. Costa Rica. E, agora, França. Portugal sagrou-se este domingo vice-campeão mundial da ISA. Algo que acontece pela terceira vez na história do surf nacional e de forma consecutiva. A Seleção Nacional apenas foi superada pela equipa francesa, que jogava em casa, nas ondas de Biarritz.

 

Para mais este sucesso da equipa das quinas em muito contribuiu o terceiro lugar final, e consequente medalha de bronze, alcançado pelo campeão nacional Pedro Henrique na prova masculina. Pedrinho só foi travado no final, com o triunfo a sorrir ao mexicano Jhony Corzo e com a prata a ficar para o francês e atleta do WCT Joan Duru – o espanhol Jonathan Gonzalez terminou no quarto posto.

 

Depois da eliminação de José Ferreira logo na 2.ª ronda e da queda de Guilherme Fonseca na 4.ª ronda, que lhe deu um 17.º posto final, Portugal esteve em bom plano no penúltimo dia. Mas Miguel Blanco acabaria eliminado já nos quartos-de-final por muito pouco, depois de ter feito a melhor onda do seu heat, terminando num excelente 9.º posto.

 

Portugal partia para o dia final no 3.º lugar provisório, ainda com hipótese de ultrapassar a Espanha. Mas "nuestros hermanos" tinham dois atletas ainda em prova. Só que o facto de Pedro Henrique ter ficado melhor posicionado que os dois, aliado ao 5.º posto alcançado por Teresa Bonvalot na prova feminina, logo no início da semana, fez com que a seleção portuguesa voltasse ao segundo lugar mais alto do pódio.

 

A França acabou por ficar com o ouro, depois de ter liderado sempre a competição e de ter terminado com uma vantagem esmagadora sobre os adversários. Os franceses somaram 4275 pontos, ficando bem distanciados de Portugal, com 2850, e ainda mais da Espanha, que fechou o pódio, com 2560. O México foi a grande surpresa ao terminar no 4.º posto, sendo o Japão o 5.º classificado.

 

Para final de festa, numa prova completamente dominada pelo surf europeu, com exceção do título individual masculino do México, disputou-se ainda a Aloha Cup. Nesta prova em formato tag team, a Seleção Nacional foi novamente vice-campeã. Já o triunfo foi, mais uma vez, para os franceses. A três anos dos Jogos Olímpicos de Tóquio'2020, Portugal mostrou estar preparado para ir à luta pelas medalhas.



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS