Liga MEO Surf: Vasco Ribeiro e Teresa Bonvalot vencem no Porto e colam-se à liderança

Renault Porto Pro

Teresa e Vasco regressaram aos triunfos no Norte. Foto: Pedro Mestre/ANSurfistas

 

Os melhores surfistas nacionais foram até ao Porto para um fim-de-semana de muita ação, na segunda etapa do ano da Liga MEO SURF. Vasco Ribeiro e Teresa Bonvalot exibiram-se a grande nível e arrecadaram os triunfos nas etapas, colando-se à liderança do ranking e lançando uma luta que promete muita emoção até final.

 

Após dois dias com ondas bem razoáveis, que puxaram pelo surf mais power dos surfistas, o mar baixou um pouco no dia final, mas nem por isso a emoção deixou a Praia Internacional do Porto. Pontuações altas e disputas renhidas foram o ponto forte da ação, sobretudo na fase de todas as decisões, o que ajudou a animar ainda mais uma das etapas mais concorridas do ano.

 

No lado masculino Vasco Ribeiro começou o dia forte, batendo Miguel Blanco com o melhor score dos quartos-de-final. Mas a grande batalha aconteceu nas meias-finais, onde teve pela frente o seu atual mentor Tiago Pires. A melhor onda da bateria até foi de Saca, com um excelente 9,55 pontos, a mostrar todo o power que o levou até ao circuito mundial. No entanto, Vasco acabaria por levar a melhor, com 16,60 pontos contra 16,05.

 

Do outro lado do quadro, Gony Zubizarreta estava em grande forma e afirmava-se como o surfista do evento. Primeiro bateu Nic von Rupp nos quartos-de-final e depois "atropelou" o atual campeão nacional Pedro Henrique, com um score de 17,25 que deixou o rival em combinação.

 

A final prometia muito equilíbrio e assim foi. Tanto que foram 20 centésimos a resolver um heat que teve mais de emocionante do que de espetacular. Vasco Ribeiro mostrou-se muito focado ao longo do evento e foi recompensado pelo momento que atravessa, alcançando Tiago Pires na liderança do ranking e vingando assim a eliminação nas meias-finais na Ericeira, a mesma fase em que se encontraram neste evento.

 

"Uma pessoa quer sempre ganhar todas as etapas mas, realmente, já não ganhava uma etapa da Liga desde 2014", começou por lembrar Vasco. "Sabe muito bem e já não me lembrava o que era ganhar um campeonato (risos). Acho que tem muito a ver com o trabalho que tenho vindo a fazer este ano e todo o acompanhamento que tenho tido. Espero que tenha sido a primeira de muitas em 2017", desejou.

 

Já a prova feminina ficou marcada pela brilhante prestação de Teresa Bonvalot na final, ela que tem uma relação especial e vitoriosa com as ondas portuenses. Com uma performance em crescendo ao longo do evento, Teresa teve de superar Camilla Kemp nas meias-finais para depois marcar encontro com a grande sensação Mariana Garcia, que eliminou a campeã nacional Carol Henrique, na final.

 

A grande final teve sentido único, com Teresa a abrir logo com uma onda de 9,60 pontos – a melhor de todo o evento, incluindo a prova masculina. A meio da disputa juntou-lhe um 7,65, terminando o heat com um score de 17,25 pontos – o maior do evento a par de Gony. Mariana Garcia ficou-se pelos 10,10 pontos e concluiu o Renault Porto Pro num brilhante segundo posto.

 

Com o triunfo Teresa Bonvalot também igualou a liderança do ranking, onde estava já Carol Henrique. Tanto Teresa e Carol, como Vasco e Saca estão ligeiramente destacados da concorrência e parecem dispostos a oferecer uma luta em renhida pelo título nacional de 2017. A regressada Figueira da Foz irá mostrar, no início de junho, quem vai para a reta final do circuito melhor posicionado.



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS