Jordy Smith cumpre o destino e faz justiça ao vencer o Rip Curl Pro Bells Beach

41717450 max

Foi por esta e por outras como esta, que Jordy tocou o sino mais desejado do surf mundial. Foto: WSL

 

Anos após ano Jordy Smith vinha a dar lições de surf de rail em Bells Beach, mas a vitória tardava em chegar, mesmo depois de ter mostrado inúmeras vezes ser o melhor surfista na mítica direita australiana. Mas em 2017, o destino do sul-africano mudou e foi ele a vencer a terceira etapa do ano do World Tour. Logo num ano, em que John John Florence assumiu o estatuto que pertenceu a Jordy nos últimos anos.

 

Para chegar ao triunfo, Smith teve de se aplicar a fundo para bater o surpreendente Caio Ibelli numa final pautada pelo equilíbrio, onde a superioridade técnica do gigante sul-africano fez a diferença. Jordy Smith acabou a final com 18,90 pontos, contra 17,46 do brasileiro. Apesar da derrota, Ibelli também não pode ser esquecido como um dos maiores destaques do evento.

 

O rookie de 2016 voltou a eliminar John John em Bells, mesmo quando o campeão mundial parecia estar novamente imparável. Noutro dos duelos explosivos do dia final em Bells Beach, o havaiano até conseguiu uma onda quase perfeita, pontuada com 9,93 pontos, mas o brasileiro acabaria por vencer com uma diferença de 20 centésimos. Já na outra meia-final, Jordy suou muito para bater o endiabrado Zeke Lau.

 

Ibelli foi ainda o responsável pela eliminação de Frederico Morais e isso diz bem da performance alcançada pelo português nesta etapa. Kikas começou o dia a deixar escapar a qualificação direta para os quartos-de-final, precisamente para Caio Ibelli, depois de liderar o heat até à última onda. Contudo, o português remediou a situação e bateu Seabass na 5.ª ronda, com uma das melhores performances do dia, conseguindo um score de 18,10.

 

Contudo, o power surf português acabou por ceder novamente frente a Ibelli. No primeiro heat dos quartos-de-final, os 14,50 pontos de Kikas foram insuficientes perante os 16 do rival brasileiro, que só pararia na final. Nesta fase, destaque ainda para a vitória de John John frente a Mick Fanning ou pela eliminação de Filipe Toledo frente a Zeke Lau, isto depois de o havaiano aqui ter chegado graças a uma polémica interferência, posteriormente anulada.

 

Com Ibelli a provocar um anticlímax aos que aguardavam uma super final entre os dois melhores surfistas em Bells e, talvez, da atualidade, Jordy agradeceu ao brasileiro, batendo-o e subindo ao 2.º posto do ranking. Lá no topo continua tranquilamente John John Florence, sendo o único surfista a deixar a perna australiana com três resultados fortes e assumindo o rótulo de principal candidato à conquista do título – no seu caso seria a renovação.

 

Já Kikas, mesmo tendo terminado num excelente 5.º posto, subiu apenas três posições, estando no 19.º lugar do ranking, quando poderia estar já com um terço do caminho para a qualificação feito. Uma situação que se deve ao equilíbrio inicial mostrado pela elite mundial. Frederico está a cerca de 2000 pontos do top 10 e apenas 2450 acima do "cut", o que demonstra bem como vai ser difícil a vida dos surfistas que querem permanecer no Tour em 2018.

 

Rip Curl Pro Bells Beach Final Results:
1 -
Jordy Smith (ZAF) 18.90
2 - Caio Ibelli (BRA) 17.46

Rip Curl Pro Bells Beach Semifinal Results:
SF 1:
Caio Ibelli (BRA) 17.63 def. John John Florence (HAW) 17.43
SF 2: Jordy Smith (ZAF) 15.63 def. Ezekiel Lau (HAW) 15.17

Rip Curl Pro Bells Beach Quarterfinal Results:
QF 1:
Caio Ibelli (BRA) 16.00 def. Frederico Morais (PRT) 14.50
QF 2: John John Florence (HAW) 16.70 def. Mick Fanning (AUS) 15.77
QF 3: Ezekiel Lau (HAW) 18.60 def. Filipe Toledo (BRA) 16.66
QF 4: Jordy Smith (ZAF) 16.77 def. Adriano de Souza (BRA) 10.53

Rip Curl Pro Bells Beach Round 5 Results:
Heat 1:
Frederico Morais (PRT) 18.10 def. Sebastian Zietz (HAW) 13.16
Heat 2: Mick Fanning (AUS) 18.63 def. Owen Wright (AUS) 17.60
Heat 3: Filipe Toledo (BRA) 16.76 def. Joel Parkinson (AUS) 15.00
Heat 4: Adriano de Souza (BRA) 18.17 def. Wiggolly Dantas (BRA) 17.60

Rip Curl Pro Bells Beach Round 4 Results:
Heat 1:
Caio Ibelli (BRA) 16.46, Frederico Morais (PRT) 15.50, Owen Wright (AUS) 11.43
Heat 2: John John Florence (HAW) 19.54, Mick Fanning (AUS) 18.86, Sebastian Zietz (HAW) 12.94
Heat 3: Ezekiel Lau (HAW) 16.73, Filipe Toledo (BRA) 15.67, Adriano de Souza (BRA) 14.20
Heat 4:  Jordy Smith (ZAF) 15.30, Wiggolly Dantas (BRA) 14.70, Joel Parkinson (AUS) 14.50

2017 WSL Men’s Jeep Leaderboard (After Rip Curl Pro Bells Beach):
1 -
John John Florence (HAW) 23,000 pts
2 - Jordy Smith (ZAF) 19,200 pts
2 - Owen Wright (AUS) 19,200 pts
4 - Adriano de Souza (BRA) 14,400 pts
5 - Kolohe Andino (USA) 13,750 pts



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS