Frederico Morais e Vasco Ribeiro vencem a caminho da 3.ª ronda em Newcastle

Vasco Newcastle

Vasco voltou a estar em bom nível, qualificando-se pelo segundo dia consecutivo. Foto: WSL


Após um primeiro dia que correu menos bem à armada lusa, Frederico Morais e Vasco Ribeiro conseguiram uma jornada 100 por cento eficaz no segundo dia do QS6000 de Newcastle. Ambos venceram os respetivos heats e avançaram assim para a 3.ª ronda do evento australiano, onde fazem a estreia competitiva na temporada 2017.

 

Vasco Ribeiro foi o primeiro a entrar na água, conseguindo superiorizar-se no heat 5 graças ao seu surf power. Com 14,07 pontos somados, o jovem surfista da Poça superou o neozelandês e ex-top do WCT Ricardo Christie (13,77), que também seguiu em frente na competição. Pelo caminho ficou o japonês Takumi Nakamura (11,20) e o australiano e membro da elite mundial Stu Kennedy (9,70).

 

Já Kikas entrou em cena no heat 9, naquele que foi o primeiro heat da temporada. Newcastle representa um primeiro teste para Frederico apurar a forma com vista à perna australiana do World Tour, que arranca em março, e portou-se à altura dos acontecimentos. O português somou 12,84 pontos e assegurou o triunfo, ficando à frente do peruano Juninho Urcia (11,83), que também seguiu em frente, do taitiano Mihimana Braye (11,57) e do japonês Hiroto Arai (8,27).

 

A 2.ª ronda desta QS6000 de Newcastle destacou-se ainda por algumas surpresas, onde se incluem as eliminações de algumas das estrelas do World Tour presentes na competição. Matt Wilkinson, Julian Wilson, Kanoa Igarashi e o rookie Ethan Ewing, tal como o já falado Stu Kennedy, disseram adeus à prova de forma precoce. Em sentido inverso esteve Owen Writgh, que brilhou no regresso à competição. Mais de um ano depois do brutal wipeout sofrido em Pipeline, o goofy australiano esteve em grande estilo, vencido o heat 13, com um score de 15,33.

 

Agora, na próxima ronda, Vasco Ribeiro vai competir no heat 3, onde terá pela frente os australianos Ryan Callinan, que caiu do Tour no ano passado, e Reef Heazlewood e ainda o francês Maxime Huscenot. Por sua vez, Kikas reentra em cena no heat 5, medindo forças com os australianos Cooper Chapman e Wade Carmichael e com o norte-americano Brett Simpson, ex-top do WCT.

 

Por começar está ainda a prova feminina, onde Portugal estará representado por três surfistas: Carol Henrique, Teresa Bonvalot e Camilla Kemp.



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS