Frederico Morais falhou triunfo por centésimos em Pipeline descaracterizado

Kikas Pipe

Sem tubos, houve espaço para Kikas colocar à prova o seu surf de rail, exibindo belas curvas. Foto: WSL


Foi por muito, muito pouco que Frederico Morais não se estreou em grande no Billabong Pipe Masters. O surfista português ficou a apenas 7 centésimas de conseguir o triunfo no heat 3 da ronda inaugural da última etapa do World Tour 2016, num dia marcado por condições bastante diferentes daquilo a que estamos habituados a ver na meca havaiana.

 

A organização decidiu colocar a prova na água contra todas as expectativas, talvez por estar com medo que o swell não seja suficiente até terça-feira. Tubos nem vê-los. Por isso, as ordens de trabalho seguiram ao ritmo de manobras e power surf, com Backdoor a oferecer algumas paredes para os melhores do mundo "desenrascarem" o espetáculo.

 

Ainda assim, os principais favoritos deram conta do recado. O campeão mundial John John Florence seguiu em frente facilmente. O mesmo fez Gabriel Medina, Jordy Smith ou Kelly Slater. Também Matt Wilkinson conseguiu avançar diretamente para a 3.ª ronda, depois de bater Kikas no último minuto. Frederico até teve a melhor onda do heat, com 8,00 pontos, mas o australiano acabou por levar a melhor.

 

Agora, Kikas terá de medir forças com o havaiano Sebastian Zietz no heat 4 da 2.ª ronda. Apesar de não ser um dos principais favoritos, Seabass é sempre um osso duro de roer, até porque se ente bastante à vontade em condições pesadas. Com John John já na 3.ª ronda a colocar pressão, o surfista do Guincho terá de avançar de forma a manter-se firme na liderança do ranking da Triple Crown.

 

Frederico Morais teve assim uma estreia bem consistente, merecendo até elogios de Kelly Slater. Teve o segundo melhor score entre os derrotados e com os 13,27 pontos que fez teria vencido 7 dos 12 heats desta ronda inaugural. Uma performance que abriu o apetite para o que o novo príncipe de Portugal poderá fazer neste evento.

 

Para final de festa, a WSL tentou animar as hostes com a realização do Pipeline Invitational para as senhoras. As três últimas campeãs mundiais invadiram o lineup e foi a mais titulada de todas elas a vencer. Stephanie Gilmore foi a que se adaptou melhor às complicadas condições e alcançou um triunfo sólido e sem contestação, deixando Tyler Wright e Carissa Moore no 2.º e 3.º posto, respetivamente.

 

A prova não deverá continuar esta quinta-feira, apesar de, depois do que vimos ontem, já esperarmos tudo por parte da WSL. Na sexta-feira entra o muito aguardado swell, que irá proporcionar condições bem desafiantes, com ondas na casa dos 4 metros. Esperemos, então, que cheguem finalmente os tubos a Pipe. E emoção também...

 

Billabong Pipe Masters Round 1 Results:
Heat 1:
Julian Wilson (AUS) 15.07, Wiggolly Dantas (BRA) 8.60, Ryan Callinan (AUS) 8.50
Heat 2: Miguel Pupo (BRA) 11.40, Kolohe Andino (USA) 9.33, Bede Durbidge (AUS) 5.40
Heat 3: Matt Wilkinson (AUS) 13.34, Frederico Morais (PRT) 13.27, Nat Young (USA) 12.40
Heat 4: Jordy Smith (ZAF) 12.60, Keanu Asing (HAW) 10.83, Finn McGill (HAW) 10.50
Heat 5: Gabriel Medina (BRA) 15.10, Kanoa Igarashi (USA) 11.24, Bruce Irons (HAW) 3.40
Heat 6: John John Florence (HAW) 16.66, Jadson Andre (BRA) 10.27, Gavin Beschen (HAW) 7.84
Heat 7: Alex Ribeiro (BRA) 11.27, Adriano de Souza (BRA) 10.54, Conner Coffin (USA) 10.27
Heat 8: Jeremy Flores (FRA) 9.00, Stuart Kennedy (AUS) 9.00, Joel Parkinson (AUS) 8.77
Heat 9: Filipe Toledo (BRA) 12.34, Josh Kerr (AUS) 12.03, Adam Melling (AUS) 9.37
Heat 10: Kelly Slater (USA) 12.70, Kai Otton (AUS) 11.90, Caio Ibelli (BRA) 11.50
Heat 11: Italo Ferreira (BRA) 10.50, Sebastian Zietz (HAW) 10.20, Jack Freestone (AUS) 9.07
Heat 12: Michel Bourez (PYF) 14.24, Adrian Buchan (AUS) 14.23, Davey Cathels (AUS) 13.23

 

Billabong Pipe Masters Round 2 Match-Ups:
Heat 1:
Kolohe Andino (USA) vs. Gavin Beschen (HAW)
Heat 2: Adriano de Souza (BRA) vs. Bruce Irons (HAW)
Heat 3: Joel Parkinson (AUS) vs. Finn McGill (HAW)
Heat 4: Sebastian Zietz (HAW) vs. Frederico Morais (PRT)
Heat 5: Adrian Buchan (AUS) vs. Bede Durbidge (AUS)
Heat 6: Caio Ibelli (BRA) vs. Ryan Callinan (AUS)
Heat 7: Josh Kerr (AUS) vs. Adam Melling (AUS)
Heat 8: Stuart Kennedy (AUS) vs. Kai Otton (AUS)
Heat 9: Conner Coffin (USA) vs. Jack Freestone (AUS)
Heat 10: Wiggolly Dantas (BRA) vs. Davey Cathels (AUS)
Heat 11: Nat Young (USA) vs. Jadson Andre (BRA)
Heat 12: Keanu Asing (HAW) vs. Kanoa Igarashi (USA)

 

Women’s Pipe Invitational Results:
1 -
Stephanie Gilmore (AUS) 17.00
2 - Tyler Wright (AUS) 10.00
3 - Carissa Moore (HAW) 7.23

 



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS