Kelly Slater, o "desmancha títulos", anuncia a data da retirada

kelly

Kelly anunciou a sua despedida logo após a passagem por Portugal. Foto: WSL

 

Uma das questões mais colocadas na história do surf mundial foi finalmente respondida. Kelly Slater vai retirar-se do World Tour no final da próxima temporada, quando já contar 45 anos – a caminho dos 46. O anúncio foi feito durante o passado fim-de-semana. Uma notícia triste para os fãs, mas que acaba por ser inevitável face à veterania do 11 vezes campeão mundial.

 

Após vários anos a desmanchar as aspirações de algumas gerações de adversários em chegar ao título mundial, Kelly dedicou-se agora a desviar as atenções dos títulos conquistados pelos mais novos. No ano passado o anúncio da sua piscina de ondas praticamente abafou o título mundial conquistado por Adriano de Souza. Este ano esperou mais uns dias, mas fez com que a comunidade rapidamente se esquecesse do título de John John Florence para começar a chorar o seu adeus.

 

"Fiquei enormemente inspirado com que os rapazes fizeram ao longo deste ano e com o que John John Florence conseguiu alcançar", começou por dizer KS na sua conta de Instagram. "No próximo ano vou focar-me ao máximo e alinhar corpo e mente de forma a tentar uma última chance pelo 12.º título mundial", garante.

 

Após tentar algo que a acontecer seria heróico, o norte-americano seguirá para a reforma dourada. "Depois disso vou à procura das melhores ondas do Mundo até ao último dia da minha vida", assegura Kelly, numa mensagem com muita boa disposição à mistura. Desta vez, não há bluff. Nunca uma afirmação sua sobre o futuro pareceu tão convicta. O final está mesmo aí à porta...

 

Foram 55 etapas do World Tour conquistadas, desde que se estreou em 1990, já lá vão 26 anos. Pelo meio teve três épocas sabáticas, mas em todas elas interrompeu a sua pausa para voltar a dar uma "perninha". São demasiados anos no topo, demasiadas recordações e um vasto currículo que compõe o maior legado do surf competitivo mundial. Ou não estivéssemos a falar do melhor surfista de sempre e um dos desportistas mais históricos da atualidade.

 

Numa semana em que nos vimos forçados a recordar a sempre triste data do desaparecimento de Andy Irons – já lá vão 6 anos... -, temos de levar também com uma notícia destas. A resposta que ninguém queria ouvir surgiu finalmente e agora o surf mundial vai mesmo ter de lidar com ela.

 

Mas, animem-se! Enquanto o final antecipado não chega, há ainda a oportunidade de desfrutar ao máximo dos últimos eventos do rei antes dele deixar o trono. Temos de tentar encontrar sempre qualquer coisa positiva nas más notícias, mesmo que isso pareça coisa pouca. Longa vida ao rei!



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

FOTOGALERIAS