John John Florence, o título mundial e o "mito" de Supertubos

35267333 max

Podia ser Cloudbreak. Mas é o Point Fabril. Foto: WSL

 

Por estes dias viveu-se em Peniche um clima paradoxal que envolve o MEO Rip Curl Pro Portugal, a décima etapa do World Tour 2016. Perante uma cerrada luta pelo título mundial entre John John Florence e Gabriel Medina e as condições que prometiam levar melhores ondas a Supertubos, mas que foram defraudando expectativas ao longo da última semana.

 

Entretanto, o panorama mudou radicalmente com a chegada do final da semana. Tanto na questão do título, como da qualidade das ondas. A mudança da competição de Supertubos mais para Norte, para o Point Fabril, teve o condão de animar as hostes e, talvez, salvar uma etapa que parecia dirigir-se para o precipício.

 

Chamam-lhe Fiji

 

A crítica internacional já lançava os primeiros lampejos de ironia face às ondas proporcionadas por Supertubos. Contudo, o paradigma foi virado do avesso. Tanto que a revista australiana "Stab" passou a exaltar as condições deste sábado, frisando que a etapa portuguesa já parecia finalmente uma prova do World Tour.

 

Alguns compararam o Point Fabril às Fiji, graças às desafiantes esquerdas de 2 metros com que a prova foi bafejada este sábado. Se virássemos J-Bay ao contrário também ficávamos lá perto. A mudança foi benéfica e parece que só pecou por tardia. Afinal, há quantos anos já vemos os melhores do Mundo a desfilarem em incríveis sessões de free surf por aquelas bandas?

 

Mudança "tardia"

 

No ano passado a mudança não se deu... "porque os surfistas queriam surfar Supertubos", segundo a organização. Mas depois do que se assistiu nos últimos dois dias, percebemos que nem todos os surfistas pensavam dessa forma. Flash interview após flash interview, os surfistas falavam na sua preferência pelo lado norte da península.

 

Até o simpático e ponderado Ace Buchan, que curiosamente é o representante dos surfistas, falou em "frustração" por ter andado a surfar close outs durante os primeiros dias do evento, enquanto ali as ondas apresentavam-se melhores. E não ficou por aí, classificando a mudança como "tardia".

 

Foi assim que vimos cair o "mito" de Supertubos. Uma onda que, por vezes, pode oferecer-nos a visão do melhor beach break do Mundo, como aconteceu em 2011, e, noutras tantas ocasiões, se transforma numa das mais imprevisíveis e inconstantes do circuito. É assim que tem sido no último par de anos. O "ouro" está mesmo mais a norte.

 

A dois/três passos do título

 

Quem pode não ter a mesma opinião é Gabriel Medina. O campeão mundial de 2014 não aguentou a

pressão da luta pelo título e acabou por ser eliminado por Jeremy Flores na 3.ª ronda. O surf progressivo que colocou em ação acabou por não lhe ser suficiente. Pelo menos, na opinião dos juízes – essa é outra questão paralela, onde tem ficado a ideia, sem querer entrar nos histerismos de uma parte da torcida brasileira, de existirem dois pesos e duas medidas.

 

Com Medina fora da batalha, foi num cenário quase épico que este sábado John John Florence garantiu a qualificação direta para os quartos-de-final. O havaiano deu espetáculo, tal como Kolohe Andino, Miguel Pupo e Jordy Smith, também eles já apurados, e até deu prova do exímio tube rider que é. Adriano de Souza juntou-se mais tarde após bater Parko, antes de a maré baixa acabar por travar o decorrer do evento.

 

John John está assim cada vez mais perto de alcançar o título mundial já em Portugal. Agora, o único obstáculo é Jordy Smith, que parece bem empenhado em levar a luta para Pipeline. Duas vitórias podem chegar a Florence para ser campeão em Peniche – algo que já esteve tão perto de acontecer em anos anteriores e com probabilidades bem mais altas. Se chegar à final e o seu adversário não for Jordy Smith é sinónimo de ser já campeão. Caso contrário, terá de bater o sul-africano para fazer a festa no areal português.

 

Do paradoxo à emoção extrema foi um pequeno passo. Bem, na realidade foram uns quilómetros mais para norte. Agora, faltam somente cerca de 6 horas de competição. Espera-se que em condições aliciantes, como nos dois últimos dias. E com um campeão mundial coroado em Portugal. Um dos mais desejados campeões da última década. Mas isso é conversa para outro swell...

 

Meo Rip Curl Pro Portugal Round 4 Results:
Heat 1: Kolohe Andino (USA) 16.83, Joel Parkinson (AUS) 13.10, Julian Wilson (AUS) 9.43
Heat 2: John John Florence (HAW) 16.33, Michel Bourez (PYF) 8.70, Adriano de Souza (BRA) 5.70
Heat 3: Miguel Pupo (BRA) 16.43, Jeremy Flores (FRA) 13.16, Sebastian Zietz (HAW) 11.20
Heat 4: Jordy Smith (ZAF) 14.66, Stuart Kennedy (AUS) 10.86, Conner Coffin (USA) 10.84
 
Meo Rip Curl Pro Portugal Round 5 Results:
Heat 1: Adriano de Souza (BRA) 9.90 def. Joel Parkinson (AUS) 7.57
 
Meo Rip Curl Pro Portugal Remaining Round 5 Match-Ups:
Heat 2: Michel Bourez (PYF) vs. Julian Wilson (AUS)
Heat 3: Jeremy Flores (FRA) vs. Conner Coffin (USA)
Heat 4: Sebastian Zietz (HAW) vs. Sebastian Zietz (HAW)
 
Upcoming Meo Rip Curl Pro Portugal Quarterfinal Match-Ups:
QF 1: Kolohe Andino (USA) vs. Adriano de Souza (BRA)
QF 2: John John Florence (HAW) vs. TBD
QF 3: Miguel Pupo (BRA) vs. TBD
QF 4: Jordy Smith (ZAF) vs. TBD



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

Fotogalerias

As melhores imagens do histórico Nazaré Challenge- Slideshow dinâmico

As melhores imagens do histórico Nazaré Challenge- Slideshow…

João de Macedo foi um dos big riders que mais ativo se mos...

As melhores imagens do Allianz Capítulo Perfeito powered by Quiksilver

As melhores imagens do Allianz Capítulo Perfeito powered by …

Aritz Aranburu numa das muitas estradas perfeitas que o le...

Ericeira foi palco privilegiado para estágio com Ruben Gonzalez - Fotogaleria

Ericeira foi palco privilegiado para estágio com Ruben Gonza…

Jovens ouviram as dicas do tetracampeão nacional durante q...

Jácome Coreia aventura-se nas ondas do Faial e Terceira – Fotogaleria

Jácome Coreia aventura-se nas ondas do Faial e Terceira – Fo…

Jácome mostra que nos Açores também ha muito estilo. Foto:...

Os melhores momentos do Allianz Sintra Pro - Fotogaleria

Os melhores momentos do Allianz Sintra Pro - Fotogaleria

Público não faltou à chamada do melhor surf nacional. Foto...

Os resquícios da passagem triunfal dos portugueses pela Martinica – Fotogaleria

Os resquícios da passagem triunfal dos portugueses pela Mart…

Uma visão bem aproximada da eficácia do jogo de rail do ca...

  • Mais Notícias

  • Competição Internacional

  • Competição Nacional

  • Industria

  • Ambiente

VÍDEOS